25/11/2014

Papa Francisco se reúne com crianças autistas no Vaticano

Foto: REUTERS/Mohamad Torokman
De forma terna, o papa Francisco abraçou crianças com autismo, algumas das quais se esquivaram de seu olhar fixo, durante uma audiência neste sábado com o objetivo de oferecer solidariedade às pessoas que vivem com essa doença.

O pontífice pediu que os governos e as instituições respondam às necessidades dos autistas para ajudar a romper "o isolamento e, em muitos casos, o estigma" associado a esse distúrbio, que se caracteriza por vários níveis de dificuldades sociais e de linguagem.

"É necessário o compromisso de todos para promover encontros e solidariedade, em uma ação concreta e uma renovada promoção da esperança", disse o papa.

Depois de oferecer uma prece, Francisco cumprimentou crianças e adolescentes e suas famílias, beijando as crianças e envolvendo seus rostos em suas mãos enquanto circulava no auditório no Vaticano.

Alguns pareceram evitar os olhos do papa, mas um adolescente que havia sido cumprimentado seguiu o pontífice e o abraçou por trás.

As famílias das crianças afetadas pelo autismo se sentiram tocadas com as palavras do pontífice.

Fonte: Folha Online
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.