Minha história de vida









Era uma adolescente como outra qualquer, com seus sonhos, medos, amigos, festas e com muita vontade de viver. Sempre fui independente e acho que por isso comecei a trabalhar aos 15 anos na loja da minha tia para ter meu próprio dinheirinho.

Mas aos 16 anos, no dia 21/02/2000, minha vida mudou drasticamente. Caí da escada da loja onde trabalhava e a partir de então não levantei mais sozinha. Logo me levaram para o hospital e lá me falaram que eu havia f
raturado a 5ª vértebra cervical, com uma grave lesão na coluna. Lembro-me das enfermeiras cortando meu uniforme de trabalho que estava inaugurando naquele dia e tirando todos os acessórios que estava usando naquele momento. Lembro do meu pai e minha mãe chegando ao meu lado ainda na sala de radiografia, com aquele olhar triste e quase desabando, sem saber direito o que iria acontecer dali em diante. Devido à gravidade me colocaram dentro de uma ambulância com minha mãe, o médico e uma enfermeira para irmos para Brasília. Meu pai e meu namorado (na época) foram de carro nos acompanhando. Foi uma das viagens mais triste da minha vida. Acho que graças a minha mãe e a Deus estarem ao meu lado naquela hora eu não me revoltei e nem entrei em pânico.

Chegando em Brasília, fiquei em uma maca no corredor do hospital esperando os médicos avaliar meu caso. Para isso precisei fazer alguns exames. Cada máquina que nunca havia visto antes e que dava medo e apreensão. 

Nesse dia me lembro de ter vomitado muito, da movimentação dos meus familiares e do meu desespero para não rasparem meu cabelo, porque se os médicos resolvessem fazer tração na coluna seria necessário. Para a minha felicidade não foi preciso. Fiz a cirurgia no dia seguinte, na qual me lembro dos médicos conversando sobre meu corte na cabeça, que segundo eles havia um pedaço bem fundo que não teria como dar pontos. Acordei só no dia seguinte em uma sala de UTI, com muita sede e fome, com uma placa de titânio no pescoço, um colar cervical, tubos no meu nariz e graças a Deus com minha mãe ao meu lado. Foram cinco dias nessa sala, da qual só me lembro do teto, do relógio pregado na parede, de vários pacientes em estado grave e de uma enfermeira muito boazinha que me tratava com muito carinho, e claro que da minha mãe que dormiu comigo todos os dias. Por ironia do destino, cinco meses antes, havia lido o livro Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva e tudo que ele havia passado estava se repetindo comigo. O que mais vi naqueles dias foi o teto de hospitais, decorei cada rachadura que havia.

Depois me transferiram para um quarto para mim e minha família. Foram mais cinco dias aprendendo o que havia acontecido comigo, que a cirurgia foi um sucesso e segundo o médico estaria andando em seis meses. Na hora ainda pensei, “nossa isso tudo!”. Recebi várias visitas, telefonemas de várias pessoas e lugares, pessoas que eu nem conhecia, mas que eram amigas da família. Tive as primeiras sessões de fisioterapia, vários testes de sensibilidade, no qual odiava, pois ficavam espetando uma agulha em mim para dizer se eu sentia. Acho que odiava porque não sentia em quase nenhum lugar. Era virada na cama de duas em duas horas para que não desse escara (ferida que desenvolvem quando a pele é comprimida entre a proeminência óssea e a superfície externa - cama, colchão - por um longo período de tempo e que depois de aberta, demora vários meses para se fechar). Quase não dormi porque tive muitos pesadelos e uma coceira infernal durante esses dias, e para piorar eu não conseguia levantar o braço, aí tinha que recorrer a quem estivesse ao meu lado.

Nesses dias tentamos conseguir uma vaga no Hospital Sarah Kubitschek, e depois de muitos pedidos eles marcaram para o dia 15 de março. Passados esses cinco dias o médico me enviou para o Hospital de Apoio para continuar minha reabilitação. Foi muito triste porque saímos no finalzinho do dia em uma ambulância, eu e minha mãe, com alguns parentes de carro nos acompanhando. Chegamos à noite nesse lugar que a princípio não tinha vaga. Eu e minha mãe choramos muito. Como viram que não tínhamos para onde ir àquela hora, arrumaram um quartinho que tinha apenas uma mulher chamada Joana, muito religiosa, mas que infelizmente não me lembro do rosto, pois fiquei a maioria dos dias deitada com um colar cervical que limitavam os poucos movimentos que me restaram. Nesse hospital recebi também várias visitas e telefonemas. Meu namorado (na época), foi para BSB me acompanhar e me dava muita força.

Depois de quase 10 dias deitada e vendo o mundo de um angulo diferente, chegou o dia de sentar em uma cadeira de rodas. Foram alguns dias levantando a cabeceira da cama aos poucos para me acostumar de novo com a posição, porque dava muita falta de ar e tonteira. Nessa hora, todos seguraram o choro para não me deixar triste e eu tentando entender tudo o que estava acontecendo. 

As mudanças continuaram nos dias seguintes. Minha mãe aprendeu a fazer cateterismo (retirar a urina com uma sonda de 6 em 6 horas) e a me dar banho deitada em uma maca fria, que graças a Deus nessa hora, sentia só do ombro para cima. Começaram as fisioterapias que a princípio não gostei por causa do próprio fisioterapeuta enviado para a função.

Coisas boas também aconteciam. Minha avó Maria saiu do sul de Minas para nos ajudar em Brasília. Ela conseguia cada coisa. Entrava com comida, dormia no nosso quarto e nos confortava com aquele jeito carinhoso só dela.

Foram quinze longos dias até ser transferida para o tão esperado Sarah. Mais uma viagenzinha de ambulância deitada olhando para o teto. Cheguei e logo fui atendida. A primeira coisa que a médica falou foi que eu tinha muito a comemorar, pensei “será o que tenho a comemorar nesta situação?”. Falou que por muito pouco a lesão não atingiu o meu sistema respiratório e que se isso tivesse ocorrido teria que andar acompanhada com um aparelhinho ligado por um tubo até o pescoço vinte e quatro horas por dia. Nessa hora todos ficaram emocionados, até os médicos. Fiz mais e mais exames até que me mandaram para a ala das crianças, para menores de 18 anos. Foi um mês nessa ala, fazendo fisioterapia, hidroterapia (na qual morria de medo de afogar porque agora dependia de alguém para me segurar), aprendendo um novo modo de entrar no carro (carregada por alguém), ganhando diversos adaptadores (para segurar o garfo, pentear o cabelo, escrever, escovar os dentes, digitar no computador), conhecendo pessoas com diversos problemas, recebendo visitas todos os dias e minha mãe dormindo comigo.

Depois me passaram para ala de adultos, na qual apavorei porque minha mãe não poderia mais dormir comigo. Isso foi um pesadelo, quem iria me ajudar? Só servia ela. Mas eu tive que conformar. Não sei quem sofria mais, se eu ou ela por me deixar lá. Mas passados dois longos dias, eu fiquei doente e pedi para ela ficar comigo e para nossa alegria eles deixaram. 

Mais um mês se passou e agora já podia ir para casa no final de semana. Alugamos um apartamento em Brasília para não precisar viajar a Unaí nos finais de semana e voltar segunda. Foi revigorante ver a cidade e fazer passeios novamente, depois de quase dois meses em hospitais. Mas também faz a gente perceber que a vida realmente não será como antes. A primeira coisa que senti falta foi acordar e levantar da cama na mesma hora, agora demorava pelo menos uns vinte minutos até minha mãe fazer cateterismo e colocar a minha roupa. 

Normalmente eles falam que quando a gente tem um problema os amigos se afastam. Comigo foi diferente, até pessoas que achava que não eram minhas amigas passaram a ser a partir daquele momento, e as que já eram, mostraram seu amor por mim. Fiquei sabendo que a cidade inteira rezou para a minha recuperação. Acho que por isso, pelo apoio de meus familiares e de Deus, eu tirei de letra essa fase.

Pedia a Deus todo dia, que quando eu tivesse alta do Sarah, ele segurasse minha mão para de pé e caminhando saíssemos de lá. Infelizmente não foi o que ocorreu, saí em uma cadeira de rodas que, a partir daquele momento, seria minha companheira de todas as horas. 

Voltei para Unaí depois de três meses longe de casa e com uma nova realidade de vida. Desde então fui aprendendo cada dia mais com meu problema, tirando os adaptadores, fazendo fisioterapia e hidroterapia, voltando a estudar. Terminei o 2º grau e logo entrei na faculdade. O curso escolhido sem nenhuma dificuldade foi Sistema de Informação.

Nunca achei que seria difícil fazer algo, se tivesse vontade e alguém para me levar e cuidar de mim, ia mesmo. Tive alguns namorados que me ajudaram muito e me trataram como uma pessoa sem deficiência. Fui por dois anos secretária da APDU - Associação de Pessoas com Deficiência de Unaí e conselheira do COMPED - Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência. Foi uma lição de vida. Fiz novos amigos, pessoas que assim como eu possuem uma deficiência, mas que não desistiram de viver e lutar por seus direitos. Aprendi mais uma vez a ver a vida de outros ângulos. Espero ter contribuído um pouco, pois, foi maravilhoso fazer parte desta família. 

Em 2010 criei este blog para contar minha história e ajudar as pessoas com deficiência trazendo informações importantes para ajudá-las a superar os desafios do dia a dia.  Tenho esperança que a sociedade se torne cada dia mais inclusiva e menos preconceituosa. Quero e espero contribuir muito para esta causa que abracei de coração.

No dia 12/11/12 realizei um dos meus maiores e mais esperado sonho: tomar posse no STJ - Superior Tribunal de Justiça. 
Minha vida novamente mudou: depois de tanto tempo aposentada por invalidez, agora seria servidora pública. Mudei para Brasília com minha mãe e meu amado cachorrinho. Pouco tempo foi necessário para amar a nova vida. Voltar a trabalhar e deixar de ser aposentada por invalidez, me faz sentir viva, útil e respeitada. 

Fiz novos amigos no trabalho e na vida. Conheci muitos cadeirantes que me ensinam e incentivam todos os dias a seguir em frente.

Em 2013 comecei o processo para adquirir a carteira de motorista, estimulada por amigos que tinham a mesma dificuldades minhas. Nunca achei que poderia dirigir sendo tetraplégica, mas sempre tive vontade e fui atrás de realizar mais este sonho quando vi que era possível. E como tudo que queremos e nos dedicamos, consegui tirar de primeira, a carteira de motorista. Foi incrível. Agora vou dirigindo sozinha todos os dias para o STJ e agradecendo a Deus essa conquista, pois me deu uma autonomia nunca mais vivida desde quando caí daquela escada.

Só tenho a agradecer: primeiramente a Deus por tudo que ele me proporcionou depois que fiquei tetraplégica. Claro que perdi várias coisas que amo, como: dançar, andar, praticar esportes, tomar banho sozinha, sair sem precisar de ninguém, trocar de roupa em pé em frente ao espelho, olhar meu corpo por inteiro, etc. Mas ele me deixou o mais importante: minha vontade de viver e minha família, que sem ela não teria superado tudo isso.

Obrigada a todas as pessoas que rezaram, torceram ou me apoiaram em algum momento da minha vida. Vocês são responsáveis por toda minha aceitação, força e esperança.


"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."

Chico Xavier


Compartilho com vocês outros posts:




_____________________________________________________________________
Entrevista ao Program Via Mulher Especial de Fim de Ano - Tema Mulheres especiais - 2011

Fisioterapia do Rio

Entrevista Fernanda Zago - Superação - TV Rio Preto - Programa Via Mulher

Entrevista TV Rio Preto para o Programa Viva Melhor -  Falando sobre acessibilidade - http://www.tvriopreto.com.br/portal/?p=32867
A reportagem começa depois dos 12 minutos. 
Queridos leitores, gostaria de pedir um favor. Quando você for fazer um cometário e colocar como "Anônimo" no final peço que coloque seu nome e se quiser que eu te responda deixe também sem e-mail. 
Muito obrigada. Bjãooo

115 comentários:

  1. no nosso caminho a espinho e flores.
    sem os espinho da vida agente nunca iria ver a flores que podemos colher após essa tempestade.
    que deus te abençoei sempre

    ResponderExcluir
  2. tenho uma amiga que star passando por isso como posso ajuda ela a supera essa tempestade.
    por favor mande por e-mail
    andre_santo@ymail.com

    ResponderExcluir
  3. FERNANDA VOCÊ É UM EXEMPLO LINDO PARA TODOS NÓS, ESTEJA CERTA DISSO. (ESTOU EMOCIONADA)...

    ResponderExcluir
  4. oii Fê... Quanto tempo a gente não se vê...
    muito legal seu blog, parabéns pela iniciativa!
    bjusssss...

    ResponderExcluir
  5. Oieee!!!! nem preciso de dizer o quanto eu te admiro não é mesmo gatinha?!!! tive o prazer de te conhecer nesse período da faculdade, e posso dizer com todas as letras que nunca vi uma pessoa tão determinada e animada ao mesmo tempo!!! um momento mais que especial que eu lembro foi a nossa colação de grau, vc lembra né Fê? Que emoção a lágrimas não foram contidas, e não só da nossa turma a homenagem em silêncio de toda a cidade que estava ali presente naquele evento, que sem que combinássemos te aplaudiu de pé, comemorando não só a sua mais a nossa vitória! Gatinha não te aplaudi só naquele momento, te aplaudo todos os dias que posso junto com vc comemorar as suas realizações!!! Parabéns pela iniciativa e mais uma vez estou de pé te aplaudido e que vc possa trazer conforto para outras pessoas com essa atitude!!!
    Obs.: Esta gatinha é a pessoa mais festeira que eu conheço!!!
    Fernanda continue assim sendo essa pessoa que faz a diferença em nossas vidas!!! e agora contribua com os seus ensinamentos para os que precisam.Faça a diferença também na vida do próximo.

    PARABÉNSSSSS!!!!! TE AMO MUITO VIU MINHA ETERNA VIZINHA, COLEGA DE FACULDADE E PRINCIPALMENTE MINHA AMIGA!!!!!!!!!!! BJS!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Flor.
    Lindooooo seu blog viu?????
    ta li reli e divulgeuiii.
    Te axo a pessoa mais guerreira na vida e sou super feliz pela alegria mosntruosa que vc tem...
    Continue fazendo esse trabalho prq existem muitas pessoas no mundo que precisam ouvir teu testemudo de vida e saiba que sempreeeeeeeeee
    algum dia se precisar...
    Vou ta sempre aqui... amiga de infancia e hj de distancia, mas amigas sempre pelo coracao e pela fé.
    Saudades

    ResponderExcluir
  7. Jacqueline Lincoln Saad28 de agosto de 2010 22:02

    Noossa. eu fiquei emocionada em ver a sua coragem e vontade de seguir em frente. Eu gostaria de conversar com você. você poderia me mandar um e-mail?
    meu e-mail é jacke_saad@hotmail.com

    Eu adoraria conversar com vocÊ
    Beeeijos.

    ResponderExcluir
  8. Fê, fiquei toda emocionada lendo sua história, que eu conhecia , mas não com os detalhes que vc contou aqui. Eu tenho muito orgulho de vc minha amiga. Adoro fazer um pouco parte de sua vida. Conviver c vc é muito bom. Continue assim linda e perseverante. Vc vai longe gatinha. Bjs (Dra) Renata.
    Só coloquei o DRA pra vc saber quem era, mas não usa não . kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boa tarde Dra.Renata,através das suas palavras de conforto e carinho acredito que seja uma pessoa muito iluminada,estou com uma pessoa que amo (irmão ) na fila de espera para a primeira consulta no H.Sara bhte como Deus tem o poder de nos colocar sempre na frente de pessoas humanas,venho humildemente lhe pedir uma ajuda neste momento no sentido de conseguir chama-lo com o conhecimento profissional que a senhora tem dentro da estrutura SARA.
      Agradeço de coração que Deus abençoe sua vida.
      Abs. Marcio Luiz Dias 31.98402.3781

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Fernanda!
    Li sua história e fiquei emocinada.Ela nada se assemelha com a minha, pois é uma história de uma moça batalhadora e vencedora e que tem muito a nos ensinar...A ideia desse blog foi muito boa e acho sim que você vai conseguir atingir seus objetivos...
    Já disse isso algumas vezes e repito:Tenho em você um grande exemplo de vida e está sendo muito bom poder conviver um pouquinho que seja com você...essa moça linda de 26 anos...kkkkk
    Já te adoro muito pela sua beleza e sua meiguice!
    E pela forma que conduz a sua vida e paixão que tem pela sua família e princilmente pela sua querida mãe...
    Que Deus te abençoe e e te conserve assim!
    Bjs da Táta

    ResponderExcluir
  11. Fê...Sua história é realmente uma lição de vida, e apesar de todo sofrimento, pode-se dizer que é uma história muito bonita e emocionante...
    Hoje, vejo em você uma mulher muito forte e como você diz, igual a todos...Vc não tem suas pernas para caminhar, mas conquistou muitas vitórias através da sua inteligência, superação e vontade de viver...e com as suas mãos, as quais se tornaram suas pernas, conquistou muitas vitórias!!!
    Que Deus te dê muitas e muitas vitórias e muito sucesso na sua vida pessoa e profissinal !!!
    Amuuuu você....

    ResponderExcluir
  12. Olá...estou conhecendo seu blog hoje.. elogios mil! Obrigada por fazer parte da minha vida! Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Maravilhosa você! Que Deus te dê sempre esta força magnífica que você teve!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Fernanda. Sinto muito o que lhe ocorreu. Parabéns por continuar sendo a pessoa que é, por ser uma verdadeira guerreira e tenha a certeza de que dias muito felizes ainda lhe aguardam. Tudo nos acontece de acordo com nossos merecimentos.
    Adorei a ideia do seu blog! Abraço!

    ResponderExcluir
  15. oi fernanda,meu nome é queila.sei exatamente o q vc passou, tive uma inflamação na medula do c1 ao c7,infelizmente,os médicos ñ fecharam meu diagnóstico ainda.foi dia 8/11/2009,me pegou de surpresa,veio do nada,estava trabalhando,paralisei do pescoço para baixo.foi um choque,quando acordei do coma,tentando levantar e ñ conseguia.Faço agora fisio,tento ir para o sarah.mas temos q ser forte,se eu falar pra vc q ñ choro as vezes,procurando entender tudo q está se passando na minha vida,estarei mentindo...mas dps passa... ñ podemos desistir... bjs... meu e.mail:queilaenilton-borges@hotmail.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Fë...
    Só uma pessoa que veio ao mundo pra iluminar poderia sair de si mesma e tomar uma iniciativa tão nobre como esta...
    Tenho certeza que este blog é um instrumento de Deus, por meio das suas mãos, para ajudar a muitos numa situação de escuridão interior...
    Você é uma pessoa única!
    Como tenho orgulho de vc, minha amiga...
    Você é uma das poucas pessoas que não passaram por esse mundo em vão...
    Ainda vamos dar boas risadas juntas...
    Fique em paz

    ResponderExcluir
  17. Oi Fe... vc é demais,poderosa.Jeová está sempre olhando para os filhos dele.Tbm tenho um tio q teve uma inflamação na médula e hj é paraplégico. Gostei muito da nova notícia da cadeira que veio de Israel.Viviane Gomes ,Salvador.E-mail vivigmaciel@hotmail.com.
    Que Jeová continue te iluminando e dando forças.
    Bjus!

    ResponderExcluir
  18. Olá Fê!

    Conheci você através do curso Tecnologias Assistivas que estou fazendo pela Plataforma Freire. Sou professora de AEE há 6 meses, estou adorando o que faço e me aprimorando para fazer melhor. E quanto a você, sem palavras. Deus te abençõe sempre!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Parabens pelo seu dia, vc e uma pessoa brilhante um exeplo de vida, te deseijo toda felicidade do mundo hoje e sempre, e que Deus esteja sempre ao teu lado, beijos Fe.

    ResponderExcluir
  20. Impressionante sua história, impressionante ainda mais, a sua força, a sua determinação que podemos sentir ao ler à sua vida. Acredite, vc é exmplo, quantos hj estão recebendo a notícia que recebeu, tomando consciência de sua condição, hoje, agora, nesse exato momento. Sua iniciativa, é grande importânica prá todos, dessa forma aprendemos o quanto as pequenas coisas, tem grandes valores!!! Um abraço fraterno!!!Juliana

    ResponderExcluir
  21. Fernanda,
    as dificuldades e obstáculos da vida são só para os fortes, os fracos já nescem derrotados em seus espíritos.
    Desculpe se sou uma pessoa de poucas palavras, mas a sua força pode te levar além dos seus limites, continue acreditando sempre em vc porque eu acredito. Um forte abraço. Dri.!!!

    ResponderExcluir
  22. Engraçado como a vida renova nossas esperanças todos os dias. Estava eu agora pouco a navegar pela net e tive a grata surpresa de entrar em seu blog. O que vi aqui me emocionou. Você é uma valente!!

    Abraço.

    ivanjcar@gmail.com

    ResponderExcluir
  23. Apocalipse 21:
    E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. (vers.1)
    E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.(vers.4)
    Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares.
    (Josué 1:9)

    Na ppalavra de Deus encontramos tudo o que precisamos. Um abraço e que Deus continue te dando forças. Izabel

    http://novotempo.com/

    ResponderExcluir
  24. oi fernanda, olha estava eu sentido uma tristeza que nem eu sei explicar o pq,então entrei na net e tive a sorte de vê seu blog,olha chorei tanto e pensei meu Deus pq estou assim,vc me confortou muito que Deus te abençoe sempre fernanda.BJS

    ResponderExcluir
  25. Fê vc é um exemplo de força e superação,quando estava lendo sua história voltei no dia em que fui te ver lá no Sarah,lembra?Nunca te contei;já virei as costas chorando,queria olhar p/ trás mas não podia,chorava muito e perguntava:"Como assim?", quis ficar sozinha o resto do dia,mas hoje não,depois de ler tive ainda mais certeza de como vc é abençoada e sei que vai atingir seus objetivos,te admiro mais ainda.E sua mãe?! Essa também merece toda admiração e respeito,pois ela é "sem defeito". Parabéns pra vcs!!Parabéns pelo blog e Parabéns pela vida.AdoroOo vcs!

    ResponderExcluir
  26. FE li sua historia,continua nessa luz porque Deus é contigo.quando alguém te diz você não pode andar.JESUS te diz pode mais do meu jeito e estarei contigo sempre!!!!!!Abraços

    ResponderExcluir
  27. Oi Fernanda!

    Tenho uma filha com apoximadamente sua idade. Moro hj em Paracatu e na época deste acontecimento estava morando com minha família em Unaí. Não se comentava outra coisa na cidade e lembro-me exatamente da loja onde você trabalhava. Foram dias de muita angústia até para nós que não a conhecíamos pessoalmente (apenas algums membros de sua família). Oramos a Deus naquela epoca para que você fosse totalmente curada e esta possibilidade ainda e real pois para Deus nada é impossível. Jesus curou muitas pessoas em situação até mais díficil. Hoje vejo que você é uma moça feliz e aprendeu a conviver com a situação sem perder o brilho dos olhos e a esperança. Que Deus a abençoe poderosamente.
    Abraços
    Geraldo e Família / Paracatu (MG).

    ResponderExcluir
  28. Oi Geraldo, td bem? Me emocionei com sua mensagem. Obrigada. Não respondi por email porque não me passou. Que Deus ilumine sua família também. Obrigada pelas orações, com certeza me ajudou muito. Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Oi Fe, lhe conheço a mto tempo mas nunca tive a oportunidade de conversar c vc. Mas sempre tive a curiosidade de saber o q tinha acontecido com vc. Qdo me contaram q era um acidente eu ñ acreditei,pois a superaçao é maravilhosa q imaginei que ja teria nascido assim. Nossa te admiro mto, amo ver vc.Qdo te encotro fico com vontade so de ficar olhando pra vc. Pois vc é tão serena e passa uma paz no olhar. Vc é linda tanto por dentro qto por fora. E parabens e q Deus continue te abençoando sempre, pq e maravilhoso ter uma guerreira assim em nossa cidade pra ajudar o proximo.Felicidades e q vc possa tomar posse logo no seu concurso. E continue ajudando os outros necessitados.E sucesso com seu blog. Grande iniciativa.bjos fke c Deus.
    Elizangela Flor

    ResponderExcluir
  30. Já conhecia sua história, mas após ler seu depoimento é impossível não me emocionar! Mto obrigada por dividir sua história conosco! Amei seu blog! Parabéns a vc e a sua família! Bjos!

    ResponderExcluir
  31. Fernanda,
    continue com essa força, determinação e garra. Você é um exemplo para todos. Nunca desista de seus sonhos. Seja muito feliz.
    Jussara e família

    ResponderExcluir
  32. Parabéns pelo novo projeto!! Muito feliz de conhecer um pouco mais de você, que FAZ A DIFERENÇA!! Fã demais! Beijos querida! Tininha. :)

    ResponderExcluir
  33. Ola Fernada!!! vc continua linda e feliz, parabens por mais este trabalho, aproveite o dia a cada dia. abraços de Uberlândia-MG.

    ResponderExcluir
  34. Oi Fernanda!!! Lembro exatamente do que aconteceu com vç,vi voçe dentro do carro indo para o hospital trabalhava perto da loja. Mais nao conhecia a sua historia lendo chorei muito, mas vejo como Deus e maravilhoso e voçe ta aqui para nos ajudar a superar obstaculos.força para nos dá força. Unai MG

    ResponderExcluir
  35. Oi Fernanda, fiquei muito emocionada em ler sua história. Nós fomos vizinhas na rua das horquídeas, lembra? Vc era pequenininha e minha filha ia brincar com vc(Amanda). Um dia desses estava ai em unaí e passei por vc na rua. Vc continua linda. Parabéns pela sua superação. Um beijo especial pra sua mãe. Elisete

    ResponderExcluir
  36. Impossível não emocionar lendo seu depoimento.Parabéns pelo blog,pela iniciativa e pela sua superação,vc é abençoada e muito especial.Bjo,Camila Xavier

    ResponderExcluir
  37. Olá, Voce é muito linda! Não só por fora, mas com uma alma pura e brilhante. Deus te ilumine hj e sempre. Parabéns pela sua força de vontade. Vi seu artigo no Unaínet, e depois de olhar sua história, perfil, e comentários de amigos. Comecei a te admirar bastante.Vou sempre acompanhar seu blog. Abraços.

    ResponderExcluir
  38. Olá bom dia Fernanda
    a paz do senhor,esteja contigo e sua familia?
    me emocionei muito com sua história,parabéns pela sua força,pelo amor que vc tem em sua familia,pela força de vontade sua.continue assim
    você é uma grande lição.
    fique com Deus.abraços

    ResponderExcluir
  39. Oi Fernanda, me chamo Sílvia, você não me conhece, pois não sou daqui, mas eu já te conheço garotinha,
    e choro de tristeza e de emoção toda vez que leio e
    vejo algo sobre você, espero um dia nos apresentar uma a outra. Tô morando em Unaí agora e a próxima vez que eu te vê na rua, vou chegar até você, combinado? Beijos garotinha e eu já sou sua fã!
    sil_mineirauai@hotmail.com

    ResponderExcluir
  40. Olá! Fernanda!
    Estou aqui para lhe dizer que mesmo de longe velho acompanhando suas lutas, seus desafios, na tv e por onde você passa! Fui sua colega no colégio do Carmo e chegamos até a fazer um trabalho juntas de uma história em quadrinhos...Mas como você tinha letra mais bonita sobrou quase tudo pra você! Talvez acontecem as coisas e não sabemos uma explicação, é preciso ter fé, paciência como você mesmo disse...se adaptar! Saiba que lhe admiro e que aqui está uma pessoa que pode contar, estou no de olho no Congresso Nacional em relação a projetos de Lei sobre Acessibilidade, entre outras coisas. Hoje já sou advogada e como Deus nos dá inteligência devemos usá-la para a procura de um mundo mais justo. Fazer a nossa parte, Um Bj no s2. Fica com Deus sempre.
    Marília Campos de Moura.
    mariliacmoura@hotmail.com
    Se quiser add será muito bem-vinda.

    ResponderExcluir
  41. Oi Fernanda, você não me conhece, sempre vejo voce nos eventos e agora tive a oportunidade de ler sua história de vida que até então não conhecia e me emocionei, pois pude perceber tanta determinção em voce. Sua fé, sua coragem e acima de tudo sua vontade de viver. Sempre vejo voce feliz, continue assim, não deixe nem sua fé e nem a esperança morrer, pois Deus é maior e Ele sempre cuidará de você.

    ResponderExcluir
  42. Oi Fernanda, há quanto tempo né?
    Fico muito feliz em saber que você todo esse tempo sempre teve um pensamento muito positivo. Muito embora sempre que te vejo esteja com um sorriso no rosto ou um traço de felicidade, só nós mesmos para sabermos o que se esconde no nosso íntimo pessoal. Talvez por isso nunca tirei minhas próprias conclusões, pois só agora tive a oportunidade de saber que é tão positiva quanto eu. Mas também, não poderia ser diferente da Fernanda que conheci na época da escola e do colina, sempre com aquele autoastral lá em cima.
    Fernanda, mesmo com todos esses anos que se passaram, nunca perca as esperanças. Certa vez li uma frase que dizia o seguinte: "Na nossa vida, por várias vezes, em busca da nossa felicidade, tentamos e erramos, mas na verdade, não sabemos que o nosso maior erro é parar de tentar."
    Você, positiva como é, não deve parar de tentar nunca.
    Estou muito feliz por você e também em saber que apesar das dificuldades, você sempre esteve repleta de pensamentos bons, além de uma mãe maravilhosa ao seu lado.
    Está lindo o seu blog.
    Um grande abraço.
    Marcelo e Paula Branquinho

    ResponderExcluir
  43. Olá Fernanda, hoje tive a oportunidade de conhecer sua historia e me emocionei muito, as vezes me pego reclamando por coisas bobas que me acontecem no dia a dia e já você é um exemplo de vida, sempre que a vejo em algum lugar sinto que você uma pessoa feliz.
    Moro em Unai a dois anos e não sabia como tudo tinha acontecido em seu acidente, e agora te admiro mais ainda, parabéns por ser este exemplo de vida.
    Beijos
    Silvana Lima (sillimadias@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  44. Oi Fernanda tem um mês que estou tentando entrar em contato com você e não conseguia pois não entendo nada de computador,estou me acostumando agora com ele, passei por um susto com minha filha especial Victoria de 14 anos com (DM)atraso mental e ai comecei a pesquisar sites e blogs como o seu para me esclarecer algumas coisas fiquei impressionada com sua garra parabéns, beijos.

    ResponderExcluir
  45. Oi Fernanda esqueci de dizer que já tenho um blog (umamaeparatres.blogspot.com) e meu email Thais_ferreira@hotmail.com.br vou lhe enviar um email lhe contando e lhe pedindo alguns esclarecimentos sobre direito do deficiente.

    ResponderExcluir
  46. Fernanda, muito temos em comum e sei o valor de cada progresso. Parabéns e força sempre.
    Grande beijo
    Saulo
    www.igualmasdiferente.com.br

    ResponderExcluir
  47. linda sua historia fernanda,me emocionei.vc e uma guerreira. abraços
    helson_silva12@hotmail.com

    ResponderExcluir
  48. boa tarde FERNANDA acabei de ler sua história e fiquei muito emocionada,me chamo REGINA moro em VALPARAIZO DE GOIAS,tenho mielomeningocele e tbm fiz um blog com a intençao de ajudar os deficientes da minha cidade faço fisioterapia com o GRAZIMAR (tito) gostaria muito de me comunicar com vc para trocar idéias e seros amigas,meu e-mail é- regina_nunes35@hotmail.com bjos e boa sorte.

    ResponderExcluir
  49. Meu Deus! Como vc é linda!

    ResponderExcluir
  50. Olá Fernanda ..
    Não tem como não tomar como exemplo sua historia de vida , uma mulher linda e vencedora como você.
    Sempre te achei muito bonita e as vezes me pergunta a mim mesmo , como pode ser meu Deus pra uma pessoa assim sobreviver , parecer ser tão feliz,sempre alegre sorridente, igual sempre te via nas festas na rua , hoje lendo seu blog vi que Deus e sua familia te deu toda a estrutura , de concedeu tudo o que você precisava pra continuar vivendo feliz e sem deixar abater . Parabéns pelo blog , parabéns pelo modo que você conduz as situações . Você e um exemplo pra todos nos . Um grande beijooooo e que Deus continue te abençoando cada dia mais e mais . Isabela Martins ( isa_martins_@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  51. oi fé e eu tambem tenho mesmo problema e sempre a gente tem que se ficar se superando he as vezes cansa tanto esforço preconceito escondido e tudo mais força para voce e que deus continue nos dando força
    me adicione no facce ou hotmail renatinho_sales@hotmail.com obrigado bjs

    ResponderExcluir
  52. Oi Fenanda,fiquei muito emocionada com a sua historia,me lembro bem pois foi no mesmo ano que mudei para Unaí;fiquei muito triste e preocupada com você pois temos a mesma idade na epoca era um meniniha.Quando te vi na faculdade fiquei muito feliz e concluir que era uma guerreira só não sabia que era sistema tambem parabem voce escolheu o mais dificil.Te desejo tudo de bom que Deus te ilumine nesta nova etapa de sua vida muita força e coragem;como você esta linda,beijoss Sibelle Botelho(sibbotelho@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  53. Marcelo Valadares19 de junho de 2011 16:46

    Marcelo Valadares,
    Oii, Quero parabenizar pelo blog, iniciativa muito legal, que pode ajudar inumeras pessoas.Deus te abençoe hoje e sempre....Bjos. marcelovaladaress@hotmail.com

    ResponderExcluir
  54. Oi Fernanda,

    Tenho algumas dúvidas e gostaria de saber se pode me ajudar. Meu e-mail é prisfreire1@gmail.com

    obrigada e parabéns pelo blog e por suas palavras são lição de vida para todos!

    ResponderExcluir
  55. Olá Fernanda!
    Lê a sua história me fez recordar de ums maus momentos que tive no hospital em BH, fiquei com uma deficiência na perna esquerda.
    Parece que nesses momentos temos uma imensa vontade de adiantar o relógio, pois, o tempo não passa, e realmente passamos a decorar os pequenos detalhes, da enfermaria, centro cirúrgico e quarto... Mas nada melhor como um dia após o outro. Devemos pensar que as cicatrizes maiores são as que estão na nossa alma e não as do corpo. Com as cicatrizes do corpo às vezes contamos histórias, rimos e até choramos. Mas as cicatrizes da alma não, para estas só tem um remédio: a humildade para perdoar quem nos feriu e compreensão para entender os caminhos que a vida nos leva.

    Meus parabéns! Sempre te admirei muito! E admiro muito mais agora após ver suas iniciativas!

    UM GRANDE ABRAÇO!
    Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Emmanuel Nicodemos
    emmanuelnicodemos@hotmail.com / bio.nicodemos@gmail.com

    ResponderExcluir
  56. Olá, Fernanda!
    Sou professora, li sua história e fiquei muito emocionada. Você sem dúvida, é um exemplo de vida, uma pessoa com coragem e determinação. Parabéns!!! Gostaria de entrar em contato. gn.rios@bol.com.br.
    até logo, Grê

    ResponderExcluir
  57. Oi,
    Tive um acidente de carro há pouco tempo, passei por isso tudo que você passou, e uma coisa eu digo essa mudança que ocorreu em minha vida de andante pra cadeirante... Não foi bom fisicamente, mas tenho certeza que espiritualmente foi ótimo. Tenho até uma postagem no meu blog (Realidade que não é bom fisicamente, no entanto melhora espiritualmente) blog só tem um méis de uso, estou gostando de ter um blog.
    abraço

    ResponderExcluir
  58. Oi Fernanda, parabéns pela força de vontade e superação!!! Adorei o seu blog e estou pegando informações sobre o handebol em cadeira de rodas para mostrar aos meus alunos da educação física. Vc já pensou em ser modelo fotográfico? vc é muito bonita, uma campanha para uma empresa de maquiagens seria bem legal! Te desejo tudo de bom, quando quiser faça uma visitinha aos meus blogs! Bjs! http://ecosdaculturapopular.blogspot.com
    http://afrocorporeidade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  59. Anjo...Conheci você procurando material sobre ACESSIBILIDADE para um trabalho a ser realizado nas Agencias Bancarias do Banrisul para deficientes fisicos,sua historia de vida é um exemplo para mim e para todos...Desde esse dia minha vida mudou em todos os sentidos e você sabe disso...vejo você assim:

    F = ormidável
    E = special
    R = omantica
    N = ostálgica
    A = NJO
    N = obre
    D = eterminada
    A = MAVEL....


    (Carlos Benitez)

    ResponderExcluir
  60. Gente, você não faz ideia de como eu fiquei emocionada em ler seu blog. Estou te seguindo e espero, muito mesmo, que você não se importe.

    Obrigada por compartilhar essa experiência conosco!

    Força

    ResponderExcluir
  61. oiii Fernandinha

    bah lendo sua historia parecia que estava lendo a minha.

    tbem sou lesado c5 e c6

    e tbem havia ha meses antes lido o livro feliz ano velho..

    confesso q nao li sua historia toda fiquei muito emocionado

    meu msn idalenciojb@hotmmail.com

    bjs

    ResponderExcluir
  62. oi Fernandinha

    te encontrei no orkut do almir
    e lendo aqui sua historia parecia que estava lendo a minha.. tbem sou lesado c5 e c6

    e tbem tinha a meses antes lido o livro feliz ano velho

    confesso q nem li tudo, fiquei emocionado...

    meu msn idalenciojb@hotmail.com

    bjs

    ResponderExcluir
  63. oi meu nome é adriano sou paraplegico tenho 27 anos, sua historia é muito bonita com muita luta e esperança q nunca acaba e luta cada ves mas q vc tenha muito suseso abraso de um amigo q te viu no sarah abraçoss e bjssss

    ResponderExcluir
  64. eu sou o adriano meu msn é adrianoevangelista25@hotmail.com

    ResponderExcluir
  65. fernanda eu sou cesar presiso falar com vc te conheci no sarah no corredor da fisoterapia por favor me liga 33191313-33191344 abraço

    ResponderExcluir
  66. sua historia e muito linda e ao mesmo tempo triste mas sei q Deus estar sempre com vc! e que ele continue lhe abençoando.um grande abraço... felicidade.... nayde-2009@hotmail.com

    ResponderExcluir
  67. Ola boa tarde,lembro-me de voce na faculdade. Agora conhecendo um pouco da sua historia, saiba que vc é uma vencedora e exemplo pra muita gente. Que Deus nunca deixe apagar o seu brilho. Felicidades....! fsgontijo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  68. OI TUDO BOM FERNANDA... MEU NOME É NALCKSON FABRIZIO, MORO EM NATAL RN... ESTAVA NA NET REDE THE EFFICIENTE QUANDO ME DEPAREI COM SEU PERFIL... VI QUE VC TEM UM BLOG E FOI DAR UMA OLHADA E LI SUA HISTORIA, SEMPRE PROCURO NA NET BLOGS E SITES DE SUPERAÇÃO... SEM SOMBRA DE DUVIDAS SEU BLOG É UM DOS MELHORES QUE JA LI UM BLOG LIMPO COMO DEVE SER ... NAO É A TOA QUE VC É FORMADA EM SISTEMA DE INFORMAÇÃO... DEPOIS CONTO MAIS SOBRE MINHA VIDA... ABRAÇÃO ATE MAIS

    NALCKSON FABRIZIO...

    ResponderExcluir
  69. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  70. adorei sua historia vc deve ter sido uma guerreira para comseduir superrar tudo isso espero q melhore.bjs..... estou admirada com sua força e animo comtinue asim levante a cabeça e siga em frente q tudo vai dar certo pode ter certeza q deus sempre vai estar a seu lado deus e seus amigos espero q melhore bjs..... crislani

    ResponderExcluir
  71. Olá, Fernanda! Adorei seu blog e sua historia de vida.
    Sou fisioterapeuta, especialista em Neurologia-funcional e tb trabalho com Pilates.Com esta vivência de trabalhos, acabo encontrando e até participando de boas histórias de superação.Você é inspiradora!Parabéns pela garra e boa sorte na sua trajetória, que com certeza será de mais e mais conquistas!
    bjo, Andreya

    ResponderExcluir
  72. Ola Fernanda!!!
    Parabéns por toda esta vontade de viver, pois sabemos o quanto é dificil...
    Tbm tenho a cadeira de rodas como minha companheira de todas sa horas.
    E lendo sua historia me emocionei pois passei +\- pelas msm coisas, mas cm
    a graça de Deus eu estou superando bem!!!
    Bom...Parabéns mais uma vez, e obrigada !!
    eu me chamo Jocimara, (Jô) é melhor.rsrs
    Jo-eu@hotmail.com
    Grande BjoO que Deus te abençoe hj e sempre!!

    ResponderExcluir
  73. Fernanda, li sua historia, e sabe o que eh mais interessante? Que os sentimentos de dor, incerteza, angustia, duvidas..sao os mesmos..parece que nossas historias sao todas iguais, so mudam os personagens e a causa da fatalidade. Fe, sou paraplegica faz 23 anos, decorrente de acidente automobolistico. Sofri e lutei, assim como vc. Ainda tenho meus momentos de angustias e minha luta eh continua..mas as vitorias q conquistei ate aqui superam qq dificuldade. Torco por vc e sei que ja eh uma vitoriosa. Felicidades e parabens pelo blog. Bj. Micheline

    ResponderExcluir
  74. Oi Andreya, td bem? Obrigada pela visita e comentário. Parabéns pelo trabalho que desenvolve junto às pessoas com deficiência. Se vc quiser contar e passar um pouco da sua experiência com pilates para às pessoas com deficiência ficarei muito grata. Obrigada. Abraços

    ResponderExcluir
  75. Boa noite Fernanda, assim você nunca pensou em entra pra política e poder fazer mais por esse povo que te segue nesse Blog? Acredito que você vereadora podia fazer muito mais em relação de leis municipais dando prioridades em questão de pessoa com dificuldades de locomoção, mais rampas desbloqueio das calçadas, faixas... Mas fica a dica ai, não sei se passa isso em tua cabeça mas não custa tentar. Weideroliveira@ymail.com

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  76. Ola fernanda.Sou Larissa!Fiquei paraplégica em fevereiro de 2009,e desde então sofro muito.Minha família é muito pobre,e perco muitas consultas,devido não ter carro e nem ninguém pra me acompanhar,ou me levar!Recentemente operei de uma escara no quadril esquerdo,e agora pra piorar,o Médico disse q estou com 3 bactérias no osso.E eu não sei o q fazer,tenho medo de ficar depressiva de novo,como no início de tudo!Sou jovem como vc tenho 27 anos,me falaram pra fazer um blog e pedir ajuda pra programas de televisão pra eu conseguir fazer a cirurcia de celulas tronco,blog eu não sei fazer,e para programas de televisão escrevi e não obtive rspostas!Fico muito triste pois não melhorei quse nada,uso fraldas e passo sonda de 4 em 4 horas.Li sua história e me emocionei muito,caso quira ser minha colega me adc no msn diane-sicarelly@hotmail.com

    ResponderExcluir
  77. Muito emocionante seu resumo de acontecimentos. No momento estou cuidando de um filho que lesionou a C6 e a C7 há sete meses e acada movimento ficamos muito felizes. Ainda não podemos marcar a consulta no Sarah por que ainda não cicatrizou uma escara na regiao sacral, pois ficou 05 meses internado. Ele é uma pessoa que esta suportando tudo, as veses fica impaciente por permanecer muito tempo deitado, pois era uma pessoa muito ativa. Más Deus tem seus propósitos e tudo foi criado por Ele e para Ele. Que vc possa permanecer firme e muita sorte e que Deus continue te abençoando O facebook dele é amorsax@hotmail.com o seu nome é Marcos Amorim. Meu nome é Jane Amorim meu imail: enajamorim@gmail.com

    ResponderExcluir
  78. Fernanda, impossível não se emocionar lendo tua história de superação. Me vi em muitos trechos, pois sofri um acidente de motocicleta em maio de 2012, tive a perna amputada e muitas fraturas nos braços. Fiquei um tempo na cadeira de rodas, depois usando muletas e hoje já estou usando prótese. Mas estou bem, fazendo muita fisioterapia pra recuperar os movimentos que perdi, principalmente dos braços. Com certeza, é exatamente como você diz, quando se tem Deus no coração, uma família maravilhosa e muitos amigos por perto encontramos força pra superar os desafios! Estou muito feliz em visitar teu blog e te conhecer um pouco,principalmente por conhecer esse trabalho tão interessante em prol dos portadores de necessidades especiais, grupo que também faço parte a partir de agora, e me orgulho por isso, acredito que somos pessoas escolhidas por Deus pra fazer coisas que façam a diferença, que acrescente na vida das pessoas. Um abraço gigante, que Deus te ilumine sempre! me chamo Márcia Machado, email: mar.cvm@hotmail.com

    ResponderExcluir
  79. Fernanda, parabéns, vc e' exemplo de vida. Creio que Deus já te usou e vai usar muito mais ainda para abençoar pessoas que precisam ser incentivadas a continuarem ter prazer de viver. Com certeza, toda forca vem dEle e com sua destra o Eterno cuidara' de vc diariamente. Deus abençoe sua família e sua mãe que de forma tão especial fez e faz jus ao nome "mãe".
    Saudações.
    Genildo Siqueira (Pastor Batista)
    genildosiqueira@ig.com.br
    Campos dos Goytacazes-RJ

    ResponderExcluir
  80. parabens Fe pela forca de vontade isso e o tipo de pessoas que queremos como exemplo. beijooooooooooooooooooooooouoos, eleni machado eleniunai@hotmail.com

    ResponderExcluir
  81. Linda!!! Você é um exemplo de vida.... Te desejo o melhor e força para nunca desanimar.... Jesus te abençoe. bjinhos.

    ResponderExcluir
  82. fernanda....
    meu nome é juliana em primeiro lugar kro te parabenisar pela sua força...venho te pedir ajuda pois o meu ex marido pai do meu filho tem apenas 22 anos e ficou tetraplegico a seis meses ele sofreu um acidente de moto(04-10-2012)e des-de então ele não mexe nem os braços prescisava ouvir de vc um metodo um geito para q eu e a mãe dele podessemos ajuda-lo,,,ele tem momentos q não quer ver ninguem.nem mesmo nosso filho,,te pesso pelo amor de deus q me ajude e q entre en comtato comigo pois sei q vc com sua força podera nos ajudar moro no parana em uma cidadesinha chamada altonia meu telefone celular é(44)99923802 e meu email é ju2012.oliveira@hotmail.com mas se vc poder me liga ...que deus te abemçoe e continue te damdo forças para poder comtinuar ajudando os outros
    meu nome é juliana e tenho apenas 18 anos...bjus e fik com deus

    ResponderExcluir
  83. Me emocionei com a sua história de vida,Parabéns pela superação que Deus de mais força para continuar lutando.

    ResponderExcluir
  84. Oi Fernanda,
    Vc conhece algum taxista que faça transporte de cadeirantes no DF ?
    Aqui em Brasilia conheço a Arcanjo trasnportes, porem queria uma outra opçao.
    Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, eu tb conheço só a Arcanjo, acredito que tenha só ela, pois pesquisei e não encontrei outra.
      Volte sempre.
      Abraços

      Excluir
  85. nossa fernanda como vc e guerreira ,olha ,nem conheco vc mas já me simpatizei muito com contigo ;moro em unai e já lhe vi aqui em alguns lugares e sempre admirei a sua beleza mas agora tive a'' triste felicidade'' de conhecer a sua historia de vida fiquei muito emocionado .que deus lhe abençoe e te encha cada dia mais de bençãos como vc merece .um abraço fique com deus ,...

    ResponderExcluir
  86. olá, Fernanda seu historia é incrível eu também tenho um filho cadeirante ele tem mielomeningocele já tem 10 anos e meu sonho é leva ele pro shara em df mas sempre qui ligo la eles me pede uns laudos que os médicos daqui não me dão se vc puder me ajudar ou me orientar vou lhe ser muito grata ( lisamattje@hotmail.com ) meu nome é Elisangela o do meu filho é Mário .

    ResponderExcluir
  87. Olá Fernanda,
    Sua história é muito inspiradora. Parabéns!
    Estou participando de um curso a distância sobre acessibilidade. É do Instituto Federal do Rio Grande do Sul e destinado a servidores públicos federais. Como são várias turmas ocorrendo, gostaria de saber se vc está em alguma delas.
    Também sou moradora de Brasília/DF.
    Se quiser, podemos manter contato: drica.ml@ig.com.br
    Abraços, Drica

    ResponderExcluir
  88. Sua história e a maneira como você contornou os seus problemas é simplesmente inspirador.
    Parabéns por essa sua força e superação. Foi muito enriquecedor ter a oportunidade de ler um pouquinho da sua linda vida nessa manhã de quarta-feira.
    Que Deus continue guiando os seus passos e te cercando de pessoas maravilhosas, que ELE te dê cada dia mais novos desafios para você ter o prazer de vencer cada um deles com propriedade.

    Bjs
    Thabata Rosales

    ResponderExcluir
  89. Sofri um acidente gravíssimo e perdi todos os movimentos, exceto dos braços, mas mesmo assim não tenho o movimento das mãos, tronco e membros inferiores!
    Tenho os movimentos dos braços e gostaria de ter os das mãos, os demais conviviria com eles.

    Alguém pode me ajudar a como conseguir uma vaga no SARA DE BRASÍLIA OU FORTALEZA?

    Facebook: Rafael Fuzzi
    Email: rafafuzzi@hotmail.com

    Abraços ☆

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Telefone para o Hospital para fazer o cadastro e aguardar marcação de consulta.

      Excluir
  90. Minha filha de 16 anos também está paralisada e aguardando vaga no Sara. Encontrei o site http://www.terapiaquantica.com.br, que faz terapias online grátis com comandos quânticos para regeneração física e que estão melhorando as condições físicas da minha filha e de toda a família. Também, pode assistir no youtube vídeos de Marcos Brenelli.

    ResponderExcluir
  91. Parabéns! Saiba que, estou impressionada com sua história. Muito bem é assim meso nunca desistir nunca.

    ResponderExcluir
  92. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  93. Muito linda sua história,parece com a minha.parabéns.

    ResponderExcluir
  94. Olá Fernanda... Meu nome é Kleber Cristiano dos Reis Leal Fernandes, sou do MS cidade de CassilÂndia... Li emocionado o seu texto e admirei muito vc tendo uma mudança tão drástica de vida com tão pouca idade e mesmo assim conseguiu vencer os medos e ir atrás dos seus sonhos... em 26 de dezembro de 2013 eu sofri um acidente doméstico, caindo de uma escada quando descia do telhado de minha casa me deixando paraplégico... fiz reabilitação no Hospital Sarah de BR em março de 2015 e aprendi tanto a cuidar do corpo e ser mais independente quanto a ter uma visão da nossa condição... sou casado desde 2008 e minha mulher é uma companheira incrível... fico muito feliz por vc ter conquistado tanto mesmo com as limitações... o seu texto é uma prova de que basta apenas ter fé e vontade e todos que lerem terão a motivação de lutar pelo que sonha, independente da condição física!!! Vc é uma guerreira!!!
    sllayier@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  95. Bom dia, gostaria de saber como poso conseguir ajuda financeira para mim, sou uma pessoa deficiente físico e estou passando dificuldade, no momento estou sem trabalho meu e-mail gersonxhosana@r7.com

    ResponderExcluir
  96. Nely iris de Oliveira20 de junho de 2016 14:07

    É gratificante conhecer pessoas como você, cheias de garra e amor pela vida!!!!um grande abraço e continue assim!!!

    ResponderExcluir
  97. Boa Tarde!
    Sou Rania professora e especializada em psicopedagogia na rede municipal de ensino no estado do Ceará e estou há 6 anos na sala de recursos multifuncionais, onde sinto-me realizada com Atendimento Educacional Especializado - AEE. Atendo várias crianças com diversas necessidades. Sempre acesso para minhas fundamentações teóricas sites inclusivos e fiquei feliz em acessar o seu blog com uma história emocionante "fantástica" uma lição de vida e que Deus sempre lhe conduzirá inspirações e parabéns pela superação e determinação, enfim você é uma heroína. Que Deus cubra de muitas bençãos.
    Abraço virtual e inclusivo de RANIA ALEXANDRINO VASCONCELOS rafayane26@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  98. Meu nome é KELLY CRUZ, eu nunca novo ainda há confiança digno feitiço caster on-line, eu quase cometeu suicídio porque ela me deixou, Mas todos os agradecimentos vão para o Dr. ROSE, que eu conheci on-line em um dia fiel, como eu estava procurando dicas Para obter minha esposa e as crianças de volta para casa, me deparei com vários depoimentos sobre esta mulher em particular com grandes poderes. Algumas pessoas testemunharam que ela trouxe seu amante ex de volta, alguns testemunharam que ela ajudá-los a engravidar, curar câncer e outras doenças, alguns testemunharam que ela rezou para parar o divórcio e obter um bom trabalho pagando e assim por diante. Ela é incrível, eu também me deparo com um testemunho particular, era sobre uma mulher chamada Megan anne do Canadá, ela testemunhou sobre como ela trouxe de volta seu amante Ex em menos de 4 dias, e no final de seu testemunho ela caiu Seu e-mail . Depois de ler todos esses depoimentos, resolvi tentar. Eu entrei em contato com ela por e-mail (dralbert107@yahoo.com) e expliquei meu problema para ela. Em apenas (7) dias úteis, minha esposa voltou para mim. Resolvemos os nossos problemas, e estamos ainda mais felizes do que nunca. Dr. Rose, você é uma mulher talentosa e obrigada por tudo o que fez na minha vida. Se você tem um problema e você está procurando um rodízio de feitiço real e genuíno, Try Her a qualquer momento, ela é a resposta para seus problemas. Você pode contatá-la no email: dralbert107@gmail.com) OU (dralbert107@yahoo.com) e ajudar-lhe-á a resolver seu problema.

    ResponderExcluir
  99. Meu nome é Rebecca Austin. Eu moro na Argentina. Quero contar ao mundo a felicidade que esse
    grande feiticeiro lançou na minha vida. Eu tinha sido divorciado de meu marido por
    aproximadamente 3 anos agora porque eu o traí. Sinto muito e queria que ele voltasse, mas ele
    me ignorou completamente. Minha vida estava quebrada e me senti tão frustrado. Eu quase cometi
    suicídio. Até eu ler um artigo on-line sobre um grande conjurador na África chamado Dr.
    Agbons. Resolvi dar-lhe um telefonema. Ele me explicou por que meu marido me deixou e prometeu
    me ajudar a recuperar meu marido apenas se ele estava disposto a ser sincero e fornecer os
    materiais para o feitiço. Foi como mágica. Logo após um dia de dizer-lhe os meus problemas,
    andrew me chamou no telefone e disse que queria voltar. Estou tão feliz agora Minha alegria e
    felicidade está de volta. E agora temos dois filhos. Se você tiver algum problema, você pode
    contatá-lo através de seu email address: Dragbonstemple@outlook.com e sua vida mudará para
    sempre apenas a maneira que muda minha vida.
    Você também pode contatá-lo através de seu email: Dragbonstemple@outlook.com:
    Se você quer seu amante de volta
    Se você quer engravidar
    Se você quer um emprego
    Se você quer ser curado de doenças
    Se você quiser ganhar loteria
    Se você quiser ficar rico rápido
    Se você quiser voltar com um antigo amante de tempo
    Se você quer que as pessoas se sintam atraídas por você
    Seu endereço de e-mail é Dragbonstemple@outlook.com
    Você pode chamar ou whatsapp: +234 8146432512

    ResponderExcluir
  100. Boa Tarde Fernanda. Fiquei muito emocionada com sua história e muito feliz por ver a sua determinação, garra, força e perseverança frente aos obstáculos que a vida te trouxe. Tenho certeza que a sua luz e energia contagia a todos. Infelizmente, há 2 anos, passamos por uma situação parecida a vivenciada por você... minha mãe de 67 anos teve uma queda esta paraplégica. Estamos sempre em busca das melhores opções de tratamento para ela, mas nada melhor do que a troca de experiência para saber o melhor caminho a seguir. Gostaria de te enviar um email para que eu possa trocar algumas ideias e experiências contigo da tua vivência diária para que possamos ajudar ainda mais a minha mãe, seria possível? Meu nome é Samara Pioner, sou do Rio grande do sul. Muito obrigada e muita luz, amor e vitórias nos eu caminho. Grande beijo

    ResponderExcluir
  101. Oi Fernanda, quero que saibas que sua história me motiva a acreditar ainda mais na vida e nas possibilidades que o ser humano é capaz de se reinventar. Parabéns por ser esta mulher guerreira, cheia de luz e que não desiste dos sonhos. Há dois anos atrás, enfrentamos uma situação parecia a sua com minha mãe de 67 anos, ela teve uma queda e esta paraplégica. Estamos sempre a procura de tratamentos que podem ajudar ainda mais a ela. Porém o que percebo, é que poucos profissionais tem o conhecimento específico para estes casos e que a experiência por ter passado por uma situação destas, ajuda outras pessoas a buscarem força e verem novas opções de melhoria. Gostaria muito de trocar algumas informações com você por email para tirar algumas dúvidas que temos, é possível? Meu nome é Samara Pioner e sou do Rio Grande do Sul. Muita luz e amor para você. Um grande beijo

    ResponderExcluir
  102. Adorei sua colocação, meu filho passa pela mesma situação. Estamos na luta fisioterapia treino ... É um privilégio de Deus ele estar sempre sorridente e disposto mesmo com todas as dificuldades. Conseguimos uma consulta no Sarah. É tenho certeza que vai ficar mais independe. Bjs .Que Ddeus te abençoe sempre. Ah e tenho certeza que ele vai tirar habilitação tbm é o sonho dele , tem 18 anos.

    ResponderExcluir
  103. Fernanda, A vida é uma caminhada de aprendizagem, estamos em um navio, onde navegamos e temos altos e baixos. O tempo é a nossa sabedoria, por que só o tempo é capaz de fazer com que as pessoas entendam tudo que se passou. A sua superação é um exemplo de vida para muitos que sofrem e pensam que só acontecem com ela. A sua luta e força estimula a muitos a superar as suas dificuldades. Fui uma deficiente, hj com ajuda de uma prótese vivi tranquila, mas sofri muito na minha adolescência, com os bullying, mas como vc, superei. A minha vida sempre foi cheia de provações, que tento superar com alegria e sempre me doando e nunca perdendo a fé. Fui uma menina criada com amor e carinho, e este laço fraterno foi que me fortaleceu. Fui violentada aos oito anos de idade por um homem, tive prolemas na minha adolescência com bullying devido ao minha deficiência, casei e tive dois filhos que desencarnaram, a menina, minha princesa, foi recém nascida e o meu principe foi com seis anos e seis meses. A separação veio antes do desencarno do meu filho, perdi o homem que muito amei, mas perder os meus filhos amados foi uma dor que corrói o peito. Vivi e sperei, Deus me presenteou com um príncipe, meu filho amado, e me casei novamente, restruturei a minha vida, mas a vida é cheia de surpresa e meu amado filho se envolve com drogas e falsas amizades, mas Deus deu um brilho na minha vida, nasceu a minha Princesa, minha amada neta. E Estamos na luta, com fé em Deus iremos vencer. Todos nós sairemos vitoriosas. A vida é uma eterne batalha, umas vitórias e outras derrotas, mas mesmo as derrotas é para refletirmos. Boa Sorte! vc estará nas minhas orações. Deus te abençoe! Um forte abraço fraternal.

    ResponderExcluir
  104. CREIO QUE JESUS TENHA UM PROPÓSITO PARA TODOS NÓS.... POR MAIS DIFÍCIL QUE SEJA NOSSA CAMINHADA, DEUS NOS DÁ FORÇA PARA SUPERAR, ELE NÃO NOS LIVRA DOS PROBLEMAS, MAS SIM NO PROBLEMA. DEUS TE DEU FORÇA E SABEDORIA PARA VENCER E NESTA CAMINHADA VC TEM AJUDADO INÚMERAS PESSOAS QUE COM TEU EXEMPLO ACHARAM MAIS FORÇA PARA CONTINUAR. EU ACREDITO EM SALVAÇÃO EM JESUS CRISTO E QUE ESSA VIDA É PASSAGEIRA, A BÍBLIA DIZ QUE ELA PASSA COMO UMA FUMAÇA QUE SE ESPAIRA NO VENTO, POR ISSO QUE VENHAMOS A BUSCAR A COMUNHAO COM JESUS.....LOGO ESTAREMOS NA GLORIA COM ELE TENDO PAZ E ALEGRIA...APOC 21 - 4 E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.

    ResponderExcluir
  105. Nossa que história de superação parabéns.

    ResponderExcluir

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Imagem 3

Imagem 3
Mobilidade total com a Unawheel

Lives da Fê no Insta

Imagem 1

Imagem 1
A transformação da vida da esgrimista Mônica Santos após se tornar cadeirante.

Imagem 2

Imagem 2
Quarentena - Como a vida mudou e as consequências dessas mudanças.

Imagem 3

Imagem 3
Cadeirantes e Concursadas - Os desafios de trabalhar sendo tetraplégica.