Biblioteca do TRT/CE oferta publicações em braile sobre direito do trabalho

Compartilhe

As pessoas com deficiências visuais de Fortaleza e da região metropolitana possuem uma nova forma de informar-se sobre direitos trabalhistas e serviços oferecidos pela Justiça do Trabalho. A biblioteca do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará coloca à disposição da população uma série de publicações impressas em braile. O material foi doado pelo Tribunal Superior do Trabalho e integra política de inclusão social da instituição.

Entre as publicações em braile disponíveis para consulta estão a Consolidação das Leis do Trabalho, cartilha de acessibilidade da Justiça do Trabalho e livro com a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Também é possível obter o audiolivro da Convenção em MP3.
 “Nosso objetivo é disseminar uma política de inclusão social das pessoas com deficiência, de forma a promover as condições adequadas para garantir sua inserção real e virtual na Justiça do Trabalho", afirma o presidente do TST, ministro Carlos Alberto Reis de Paulo, em documento enviado ao TRT/CE.
O material pode ser consultado, diariamente, das 7h30 às 15h30, na biblioteca do Tribunal, localizada Rua Vicente Leite, 1281, Aldeota. Parte das publicações também ficará disponível no Fórum Autran Nunes, na Avenida Tristão Gonçalves, 912.
Fonte: site do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região e Blog Sempre Incluídos

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Imagem 3

Imagem 3
Mobilidade total com a Unawheel

Lives da Fê no Insta

Live com o Paulinho

Live com o Paulinho
Pais e Filhos mais que especiais com Paulinho

Live COnVivenDo com o vírus

Live COnVivenDo com o vírus
COnVivenDo com o vírus, com o Dr. Ricardo Ramos

Live com Mônica Mostrinha

Live com Mônica Mostrinha
A transformação da vida da esgrimista Mônica Santos após se tornar cadeirante.