Brasil ganha três medalhas no Aberto da Oceania de Parataekwondo, na Austrália

Compartilhe »»



Nesta sexta-feira, 28, a Seleção Brasileira de parataekwondo faturou um ouro e dois bronzes no Aberto da Oceania da modalidade, que foi realizado em Gold Coast, na Austrália. O parataekwondo está no programa dos Jogos Parapan-Americanos de Lima, que serão disputados de 23 de agosto a 1º de setembro, também fara sua estreia no Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. A modalidade é praticada por atletas com deficiência em pelo menos um dos braços.

A paulista Débora Menezes, 28 anos, ganhou a primeira disputa, que foi contra a australiana Jenifer Watson, no Golden point. A luta normal terminou em 6 a 6 e no Golden as adversárias também empataram, dessa forma a brasileira saiu vitoriosa devido aos critérios de desempate. Na final, Débora enfrentou a francesa Laura Schiel e conquistou o ouro com o placar de 15 a 5. A atleta também conquistou a medalha de ouro, da categoria acima de 58kg, no Campeonato Mundial de Parataekwondo, que aconteceu em fevereiro, em Antalya, na Turquia.

O baiano Bruno Mota, 24 anos, venceu o americano Michael Stacey na primeira luta por 20 a 9. No entanto, perdeu a semifinal para o turco Celik Fatih por 40 a 5 e ficou com a medalha de bronze da categoria até 75kg.

O caçula da Seleção Nathan Torquato, 18 anos, ganhou a primeira luta do japonês Chitara Ito por 41 a 27. Mas na semifinal, apesar de ter liderado o placar por 36 a 19 sobre o turco Mahmut Bozteke, foi desclassificado por chute baixo e ficou com o terceiro lugar da categoria até 61kg.

A Seleção contou com Bruno Mota (até 75kg), Cristhiane Neves (até 58kg), Débora Menezes (acima de 58kg) e Nathan Torquato (até 61kg) no Aberto da Oceania. Estes quatro atletas possuem vaga no Parapan de Lima. Na próxima semana, a equipe estará na Coréia, onde disputará o Chuncheon Open.

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)


Fonte: CPB

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.