Detran oferece primeira habilitação gratuita a jovens surdos

Compartilhe »»
A Escola Pública do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) e a Superintendência dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef), órgão ligado à Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, firmaram uma parceria inclusiva.

Em Salvador, o Detran capacitou 44 instrutores de direção para o uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras) e oferece o curso gratuito de primeira habilitação a 22 jovens surdos, que foram encaminhados pela Sudef. Ellen Rodrigues, 24, perdeu a audição aos três anos, em decorrência de uma meningite.

Ela concluiu o ensino médio e planeja entrar na faculdade. Por meio de um intérprete de Libras, a jovem relatou que sempre teve vontade de dirigir, mas não conseguia acompanhar as amigas, e que pretende usar a habilitação para começar a trabalhar.

O instrutor Marcos Teixeira destacou o impacto da capacitação na preparação dos alunos especiais. ” Não foi fácil aprender a ensinar sem usar a fala, mas valeu a pena. É visível o quanto as pessoas que não ouvem ficam felizes em ter a oportunidade de dirigir.

Percebo que melhorou a autoestima delas, que se sentem mais seguras e menos dependentes”. Em 2015, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou que as autoescolas disponibilizem intérpretes da língua dos sinais em todas as fases do processo de formação dos motoristas que possuem deficiência auditiva.

Eles devem conduzir veículos identificados com o adesivo internacional de surdez, para alertar os demais motoristas e garantir a segurança no tráfego.


Fonte: Política Livre

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.