Amputado das duas pernas, chinês chega ao cume do Everest

Compartilhe


Foi a quinta tentativa do chinês, em uma delas ele enfrentou uma tempestade no topo, sofreu congelamento e perdeu os pés.


O alpinista chinês Xia Boyu,durante sua escalada ao Everest (Foto: Arquivo pessoal)


O alpinista chinês Xia Boyu, amputado das duas pernas, completou nesta segunda-feira (14) seu sonho de alcançar o cume do Everest, uma proeza realizada depois de várias tentativas.

A quinta vez foi a vitoriosa: o cidadão chinês de 69 anos chegou ao topo, a 8.848 metros de altitude, nas primeiras horas dessa segunda-feira.

"Chegou à cúpula esta manhã, com outros sete membros de sua expedição", confirmou Dawa Futi Sherpa, da agência organizadora Imagine Trek and Expedition.

Xia Boyu teve medo de não poder tentar mais uma vez, quando o Nepal proibiu, no ano passado, a subida ao topo de pessoas duplamente amputadas e de cegos. A medida foi suspensa pela Justiça, devido a seu caráter discriminatório.

Xia fez parte da equipe chinesa que, em 1975, sofreu uma tempestade no topo. Faltando oxigênio e exposto a temperaturas polares, o alpinista sofreu um congelamento severo e perdeu ambos os pés.
Suas duas pernas tiveram de ser amputadas em 1996, logo abaixo do joelho, depois que os médicos descobriram um linfoma, um tipo de câncer no sangue.

Persistente, o sexagenário voltou ao pé do Everest em 2014, mas a temporada foi encurtada por uma avalanche que custou a vida de 16 sherpas.

Sem desistir, voltou no ano seguinte, mas um forte terremoto atingiu o Nepal. Apenas no Everest foram 22 mortos, em uma avalanche no campo base.

Durante sua última tentativa, em 2016, o mau tempo o obriga a voltar quando estava a 200 metros do cume.

"Meu sonho é escalar o Everest. Tenho que fazer isso. Representa também um desafio pessoal, um desafio do destino", disse ele no mês passado, à AFP, em Katmandu.

O único duplo amputado a chegar ao topo do mundo antes dele foi o neozelandês Mark Inglis, em 2006.

A tradicional temporada de primavera está em pleno apogeu nesse momento no Everest. O clima oferece uma pequena janela com condições menos extremas do que o resto do ano.

No domingo, chegaram ao cume os primeiros alpinistas da alta temporada. No total, quase 700 pessoas devem tentar escalar o Everest nas próximas semanas.


Foto de arquivo do dia 4 de abril de 2018 do chinês Boyu Xia que perdeu as duas pernas na tentativa de escalar o Everest pela primeira vez (Foto: Prakash Mathema/ AFP)


Fonte: G1

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

20 anos na cadeira de rodas

20 anos na cadeira de rodas
20 anos na cadeira de rodas

Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Mobilidade total com a Unawheel

Mobilidade total com a Unawheel
Mobilidade total com a Unawheel

Lives da Fê no Insta

Live com a Mônica Santos

Live com a Mônica Santos
A transformação da vida da esgrimista Mônica Santos após se tornar cadeirante.

Live com Maria Lúcia

Live com Maria Lúcia
Quarentena - Como a vida mudou e as consequências dessas mudanças.

Live com a Camila Lima

Live com a Camila Lima
Cadeirantes e Concursadas - Os desafios de trabalhar sendo tetraplégica.