11/04/2017

Musical sobre Paixão de Cristo traz interpretação em Libras

Espetáculo encenado há mais de 30 anos pela Igreja Presbiteriana de Manaus (AM) inicia apresentações no próximo dia 13 de abril


A história da Páscoa, uma das festividades mais importantes no calendário judaico-cristão, será retratada no tradicional musical “Paixão pela Vida”. Realizado pela Igreja Presbiteriana de Manaus no período de 13 a 16 e 21 e 22 deste mês, no Espaço Pedras Vivas (EPV), localizado na Avenida Pedro Teixeira, nº 2650, Chapada, o espetáculo é interpretado também na Língua Brasileira de Sinais (Libras). A entrada é 1 kg de alimento não perecível.

De acordo com o diretor geral do musical, Oliveira Filho, o espetáculo conta com mais de 700 pessoas envolvidas em diversas áreas, como cenografia, maquiagem, recepção, dança, louvor, teatro e outras. “O musical já é tradicional em Manaus. Apresentamos há vários anos. O primeiro foi na década de 70 e, ano após ano, temos investido na otimização e melhorias cênicas e outras áreas do espetáculo”, disse.

O diretor complementa que a maior motivação para continuar com o musical em cartaz há mais de 30 anos é contar sobre a vida de Jesus. “É gratificante vermos famílias inteiras participarem do musical, seja no teatro, dança ou outra área”, afirma.

O espetáculo dura cerca de duas horas. “A história começa com a entrada de Jesus em Jerusalém, quando ele iniciou seu ministério. Temos muitas cenas especiais, entre elas o Ato nº 01 Agnus Dei, que é coreografado, e contamos a história da criação do mundo, além também do encontro de Jesus com a mulher samaritana e outras”, adianta Oliveira.

A coordenação orienta ao público que chegue cedo. O espaço tem capacidade para receber 2 mil pessoas no auditório. Após entregar o quilo de alimento não perecível na recepção, a pessoa vai receber uma pulseira colorida que vai indicar o setor onde ela vai sentar.

Serviço:

Musical Paixão pela Vida
Quando: 13 a 16; 21 e 22 de abril
Onde: Espaço Pedras Vivas- Avenida Pedro Teixeira, 2650, Chapada (próximo ao Hemoam e Arena da Amazônia)
Horário: 18h – abertura dos portões da cidade cenográfica; 19h – liberação dos assentos; 19h30 – início da apresentação



Fonte: A Crítica
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.