10/09/2016

Brasil sobe quatro vezes ao pódio no atletismo no segundo dia de competições do Rio 2016

A felicidade de Verônica Hipólito no pódio, com sua medalha de prata

 A sexta-feira, 9, teve sabor especial para a Seleção Brasileira de atletismo nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Fábio Bordignon, nos 100m T35, Verônica Hipólito, nos 100m T38, e Izabela Campos garantiram mais três medalhas – duas pratas e um bronze, respectivamente - para a delegação verde e amarela. Pela manhã, Daniel Tavares já havia conquistado o ouro nos 400m T20.



A parte final de disputas no Estádio Olímpico (RJ) com brasileiros teve início com Fábio Bordignon, que mostrou a que veio e não decepcionou. Bateu o recorde brasileiro com 12s66 e conquistou a medalha de prata na prova. O ucraniano Ihor Tsvietov chegou à frente com 12s31, e o argentino Hernan Barreto fechou o pódio com 12s85.



O atleta não se conteve e decidiu mensurar o tamanho de seu feito. “A sensação é das melhores. Estou me sentindo muito feliz. É como o momento em que eu recebi a notícia de que iria ser pai. E agora, é como um filho pra mim [a medalha]”, comparou Fábio.



Verônica Hipólito entrou na disputa dos 100m T38 com vontade de fazer história. Apoiada pela torcida, ela emplacou um ritmo forte para chegar à marca de 12s88 e ficar com a prata. Após a prova, a medalhista relembrou momentos difíceis que superou.



“Teve muita gente que duvidou, mas teve muito mais gente que acreditou em mim. Vai ter gente que, quando eu sair daqui, vai dar um puxão de orelha e falar que eu poderia ter ido melhor. Se eu tiver que operar de novo, que fazer qualquer coisa de novo, eu posso fazer, porque sei que vou voltar e vou ter condições de voltar mais forte. Pré-cirurgia, eu corria 13 segundos, pós-cirurgia, eu corri 12. Se tiver mais uma, bate na madeira, mas vou correr 11”, disse Verônica, que passou por uma cirurgia no intestino grosso no ano passado.



Izabela Campos manteve o bom desempenho brasileiro no dia, levando o bronze no lançamento de disco F11, ao marcar 32m60.



Confira os outros resultados do Brasil no dia:



- Jenifer Martins 100m T38 marcou 13s61 e ficou na oitava posição;



- Edevaldo Silva ficou em sétimo no lançamento de dardo F44;



- Flávio Reitz ficou em nono no salto em altura T42;



- Terezinha Guilhermina foi desclassificada dos 100m T11;



- Alice Correa ficou em quarto nos 100m feminino T12 (12s26);



- Ariosvaldo Fernandes ficou em quarto nos 100m masculino T53 (14s88).



Fonte: cpb.org.br
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.