25/08/2015

A menina que superou o bullying de maneira emocionante




Essa jovem de 19 anos que vive na Carolina do Norte recebeu um diagnostico ainda bebê recém nascida, ela tem uma doença chamada Nevo Melanocítico Congênito, que seria milhares de pintas pelo corpo e uma gigante baixo da cintura que estende até as coxas, sua condição é raríssima isso acontece em um indivíduo a cada 500 mil no mundo, e sua doença não é contagiosa.


Como tudo que é diferente é visto como tal e causa reações de preconceitos, ela passou por essa fase na escola os amigos achavam que as pintas eram contagiosas e viam a jovem como algo sujo, isso fazia com que todos se afastassem.


Ela tinha que lidar com muitas pessoas fazendo piadas sobre ela, em uma ocasião ao entrar em um ônibus um jovem riu a gargalhadas a chamando de dálmata e logo ficou sem graça quando viu que ninguém mais riu, mas Ciera hoje em dia é capaz de ignorar os zombamentos que ainda são constantes, pois hoje em dia ela se aceita e é muito orgulhosa de suas pintas e até gosta de ser diferente das outras pessoas, o que os outros pensam ela não se importa mais.


Quando nasceu a garota deixou a equipe médica boquiaberta, as pintas eram enormes e cobria boa parte do corpo, ao crescer as pintas foram se dispensando e se espalhando por todo o corpo.


As marcas não comprometem a saúde de Ciera mas ela tem que cuidar da pele por toda a sua vida com protetor solar número máximo, pois as manchas lhe dão um alto risco de contrair câncer de pele.
 
Cheia do preconceito que sofre ainda hoje em dia pelas mesmas pessoas que conhecem a anos, ela resolveu postar foto de biquine e mostrar que não tem vergonha alguma da sua condição, isso calou a internet e ao mesmo tempo todos se apaixonaram.


Veja as fotos da menina, veja o quanto ela é feliz apesar de tudo!








Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.