02/02/2014

Lais Souza respira com auxílio e não mexe braços e pernas, diz hospital

A ex-ginasta Lais Souza está acordada, mas em estado grave no Hospital da Universidade de Utah, nos EUA. Ela precisa de ajuda de aparelhos para respirar e não consegue mexer os braços e as pernas, de acordo com boletim médico divulgado pelo hospital.

Ela foi submetida a uma cirurgia na coluna cervical após se acidentar na última segunda-feira, em Salt Lake City (Estados Unidos), onde treinava para representar o Brasil no esqui aerials dos Jogos Olímpicos de inverno de Sochi-2014. A sua presença na competição já foi descartada.

Lais usava capacete e sofreu um deslocamento na coluna vertebral. Ela esquiava com o técnico canadense Ryan Snow.

Apesar do atual estado, os médicos que cuidam de Lais não quiseram se precipitar e disseram ser “muito cedo para fazer um prognóstico a longo prazo”. Mas alertaram: “Lais terá uma longa recuperação a sua frente”.

Josi Santos, parceira de treinos de Lais e que estava com a ex-ginasta na hora do acidente, pediu a torcida do povo brasileiro. “Só quero que todos orem e mandem boas energias para a cirurgia de hoje. O médico do Brasil me deu boas esperanças, e são nelas que vou me agarrar com todas minhas forças”. Logo depois, por volta das 13h (horário de Brasília), pelo Facebook, afirmou que Lais mexeu um braço. “Deus do Céu. Ela mexeu o braço, Jesus, te amo mais do que tudo. Gente, tá forte essa corrente. Muito feliz, muito feliz. Continuem amigos, continuem”.

Lais Souza começou a treinar esqui aerials em 2013, em iniciativa voltada aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pyeongchang-2018. Contudo, evoluiu rapidamente e se aproximou da classificação um ciclo antes.

A vaga dela ainda não havia sido confirmada, mas a expectativa da CBDN é que o Brasil tenha direito a indicar uma atleta. Se isso realmente acontecer, como Lais Souza não poderá participar, a tendência é que Josi Santos represente o país no esqui aerials.

Confira o boletim médico na íntegra

Utah, 28 de janeiro de 2014
Lais Souza, 25 anos, atleta integrante do Time Brasil, sofreu grave acidente enquanto esquiava em Park City, Utah, na ultima segunda-feira,  27 de janeiro de 2014. Neste momento ela está sendo tratada na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica do Hospital da Universidade de Utah, em Salt Lake City. Lais sofreu um trauma severo na coluna cervical.

De acordo com a equipe médica, Lais foi submetida a tratamento cirúrgico para realinhar a coluna cervical. Lais está acordada, segue comandos, mas não pode mover seus braços e pernas neste momento e está com o auxílio de ventilação mecânica para respirar. Está sendo cuidada pela Dra. Holly Ledyard, neurointensivista, e pelo Dr. Andrew Dailey, neurocirurgião, ambos da Universidade de Utah.

“Lais terá uma longa recuperação à sua frente. Neste momento, não podemos prever como será seu prognóstico em longo prazo. Ela está recebendo cuidados médicos excelentes e sua equipe médica está fazendo tudo para que ela tenha a melhor recuperação possível”, disse o médico do Time Brasil, Dr. Antonio Mattos.


Fonte: UOL Esporte
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.