31/12/2013

Johnny Vai à Guerra (Johnny got his gun). Dramática história de um deficiente de guerra.

Capa do filme Johnny vai à Guerra
(Johnny got his gun)
Romance de Dalton Trumbo’s, 1939 Johnny Got His Gun. Diz o conto de Joe, um jovem soldado americano cujo corpo é severamente danificado depois que ele é atingido por um morteiro da artilharia alemã durante a Primeira Guerra Mundial. Seus braços, pernas, olhos, boca, nariz e orelhas se foram e ele não pode ver, falar, cheirar ou ouvir.
 
Apesar de tudo, ele continua consciente, mas não consegue parar de sonhar e rever suas memórias, sem conseguir identificar se está dormindo ou está acordado. Frustrado com sua situação, ele tenta exaustivamente se comunicar com a equipe do hospital.
 
O livro foi suspenso de impressão por muitos anos durante a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Fria. Primeiro e único filme dirigido pelo escritor e roteirista Dalton Trumbo, uma das grandes vítimas do macarthismo, Johnny Vai à Guerra é um monumento cinematográfico erigido contra todas a guerras: do passado, do presente e do futuro. Trumbo dirigiu a adaptação para o cinema em 1971.Trechos do filme foram usados no videoclip “One”, da banda Metallica. Foi ideia do baterista Lars Ulrich e do cantor James Hetfield, que gostavam muito do livro.
 
Vencedor do Prêmio Especial do Júri e do Prêmio da Crítica (FIPRESCI) no Festival de Cannes, em 1971, Johnny vai à Guerra é um filme tão aterrador quanto necessário.
 
“Nenhum filme jamais mostrou de uma maneira tão atroz e perturbadora o horror da guerra e o desespero de um ser humano em defesa, à mercê da tirania médica”. – Gérard Lenne – Dictionnaire des Films
 


Fonte: Youtube e Blog Turismo Adaptado
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.