29/04/2013

O Primeiro smartphone braile é apresentado na Índia


No início do mês de abril o Mobile Expert
informou que a Google melhorou a acessibilidade para as pessoas com deficiência, lançando diversos aplicativos que facilitam a vida de usuários com algum tipo de necessidade especial na visão. A questão da acessibilidade é um tema recorrente na mídia e na ciência. A ideia é tornar o mundo cada vez mais acessível a todas as pessoas, inclusive na área da tecnologia móvel. Talvez, o maior desafio da acessibilidade na área da mobilidade seja, exatamente, para as pessoas totalmente cegas operarem o dispositivo de modo que ele seja, realmente, útil. Mas, na sexta,19, uma boa notícia veio à público na Índia: a apresentação do primeiro smartphone Braille do mundo.

Criado para adequar-se às necessidades de pessoas totalmente cegas, o equipamento apresenta uma tela tátil efetivamente tátil, construída sobre uma grade de pequenos e finos botões arredondados, semelhantes a agulhas, que ao serem pressionados para cima e para baixo formam letras, formas e conteúdo "palpável", tornando as informações simples e compreensíveis ao entendimento de quem depende deste sistema para ler e escrever.

[ Telefone sem a tela convencional ]

Estes botões em forma de agulhas pressionáveis são recobertos com um material metálico que volta à sua forma suave depois que as pontas são baixadas à sua posição de repouso, tudo para não gerar pontos falsos que modifiquem ou interfiram na compreensão correta da mensagem em Braile.

E telefone, desenvolvido por Sumit Dagar durante 3 anos, esteve em fase de testes nos últimos meses, e — de acordo com o criador — “se tornou um companheiro e não apenas um telefone para o usuário”. Dagar assegura que dentro de alguns meses começará o desenvolvimento de novas versões mais aperfeiçoadas, que aumentem o potencial do dispositivo, que foi criado com apoio financeiro de diversos fundos de investimentos.

A notícia completa sobre o desenvolvimento do projeto do primeiro smartphone Braile pode ser acessada no Times of India.

Fonte:http://mobilexpert.com.br/
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.