O que sua empresa precisa saber sobre acessibilidade digital?

Compartilhe


Todos sabemos que pessoas com deficiência devem ter direito a uma participação plena e igual em todas as esferas da vida, e uma dessas esferas diz respeito ao ambiente digital e à internet. Portanto, tornar seu conteúdo e seu website acessível possibilita que pessoas com diferentes tipos de deficiência ou limitações – como deficiência visual, física, cognitiva, auditiva, entre outras -, façam uso eficaz de serviços e informações oferecidos na internet.

A garantia de que essas pessoas possam exercer esses direitos de forma plena só foi possível através da Lei de Direitos Iguais para Pessoas com Deficiência e dos Regulamentos de Acessibilidade. A lei 13.146 de 6 de Julho de 2015, também conhecida como Lei Brasileira de Inclusão (LBI), acabou de completar portanto 5 anos apenas.

As Diretrizes Internacionais de Acessibilidade para Conteúdo da Web do World Wide Web Consortium (W3C), organização que regula os padrões da internet, se tornam essenciais para a regulamentação da acessibilidade de websites. Com essas conformidades, reduzem-se barreiras e esses cidadãos passam a receber o mesmo nível de conforto e qualidade que o público em geral recebe no ambiente online.

Abaixo listamos algumas das diretrizes globais para acessibilidade digital de websites para pessoas com limitações de acesso à internet:

Um usuário com limitações visuais usa um software que pode ler informações disponíveis no computador. Ao navegar no site, a ferramenta deve ser ajustada para que ele possa ler todos os textos em ordem lógica, obter uma descrição das informações contidas nas imagens, identificar títulos e links e executar qualquer ação no site.

Um usuário com limitações motoras, incapaz de operar integralmente um mouse ou ferramenta similar, pode navegar no website e executar operações usando os comandos fornecidos pelo teclado.

O texto no site é visivelmente colorido em segundo plano, permitindo que pessoas com subvisão leiam o conteúdo.

Pessoas com deficiência auditiva podem obter informações verbais fornecidas através de vídeos legendados disponíveis no website.

De fato, a Web Content Accessibility Guidelines (WCAG) estabelece diversas recomendações com a finalidade de tornar o conteúdo da Web mais acessível. Seguir estas diretrizes irá tornar o conteúdo acessível a um maior número de pessoas com deficiência e limitações de uso, assim como melhorar a experiência de uso para qualquer usuário da internet.

Algumas perguntas que podem surgir:

Como é um site acessível?

Um site acessível se parece a um site comum e os ajustes, geralmente, não alteram a aparência ou a capacidade das pessoas com deficiência de navegar, ler ou usá-lo. Existem sites que adicionam barras de acessibilidade que permitem aos usuários alterar cores, aumentar legendas, entre outras funcionalidades.

Como verifico a acessibilidade do site?

Os testes de acessibilidade podem ser feitos de forma manual, em todas as páginas ou por amostragem, ou por ferramentas automatizadas. Estas últimas são uma forma mais rápida de avaliar a acessibilidade de um site, tendo uma assertividade de cerca de 90%.

Como faço para tornar meu site acessível?

A acessibilidade é alcançada atendendo aos requisitos das Diretrizes de Acessibilidade de Conteúdo da Web. As instruções da WCAG incluem links para explicações e exemplos de como ficar aderente a cada diretriz. As explicações são adaptadas a várias tecnologias que usam serviços da Web, incluindo HTML, FLASH, PDF, CSS e muito mais. Essas explicações são atualizadas regularmente de acordo com os desenvolvimentos tecnológicos. Há ferramentas automáticas que permitem transformar um site em acessível.

Preciso instalar a ‘Barra de Acessibilidade’ no meu site?

Um site acessível é aquele que está em conformidade com os Regulamentos de Acessibilidade. A integração dessas barras não é obrigatória e um site pode ser pré-fabricado em contraste com as cores de acordo com o padrão e a legenda pode ser aumentada usando o navegador. Porém, a barra permite manter o design do site e adicionar o plug-in sem precisar alterar a aparência e o preenchimento do site no design pré-existente.

A barra de acesso garante a acessibilidade?

Muitos proprietários de sites adicionam uma “barra de acesso”, ou seja, uma ferramenta que permite certos ajustes na acessibilidade. Deve-se enfatizar que a incorporação dessas barras não isenta o website do cumprimento de todos os requisitos e padrões regulamentares ou de fazer os ajustes adicionais de acessibilidade. Também deve ser enfatizado que não há obrigação de usar a ‘Barra de Acessibilidade’ para atingir o nível de acessibilidade exigido por leis e regulamentos.

Sua empresa deve ter em mente que a Acessibilidade Digital, além de beneficiar a todos, também gera um efeito muito positivo financeiramente, tecnicamente, juridicamente e na imagem pública das organizações. Sendo assim, se sua empresa ainda não tem conteúdo digital e website acessíveis, talvez seja o momento de entrar em contato com a EqualWeb. Fale com um de nossos especialistas!

Clique aqui para falar com um dos especialistas da EqualWeb!

Fonte: Portal Acesse

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020

Live com a Ruth Maria

Live com a Ruth Maria
Os desafios e aprendizados da vida na cadeira de rodas.