Casa de Chá recebe mostra Fotografias Inclusivas

Compartilhe

 Trabalhos ficam expostos até dia 13 de junho


#ImagemComDescrição A foto mostra uma mulher mostrando ao secretário da Pessoa com Deficiência do DF, Flávio Santos, cadeirante, as Fotografia Inclusivas da Casa de Chá.

De 13 de maio até 13 de junho, a Casa de Chá, na Praça dos Três Poderes, é palco da exposição Fotografias Inclusivas. A mostra é organizada pela Secretaria da Pessoa com Deficiência do DF, com trabalhos de fotógrafos profissionais e amadores.

Os autores enviaram fotos de celular que abordassem o tema “Inclusão, Acessibilidade e Cidadania da Pessoa com Deficiência: Um Processo Contínuo na Sociedade”. Essas imagens participaram do I Concurso de Fotografias Inclusivas, realizado no ano de 2020 para marcar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado em 21 de setembro. As trinta imagens mais bem avaliadas por um júri foram classificadas para a Exposição.

O secretário da Pessoa com Deficiência do DF, Flávio Santos, garante que a atividade “é uma das diversas parcerias da pasta com a secretaria de Turismo”. “Essa exposição reflete as questões que envolvem as pessoas com deficiência em relação à acessibilidade, inclusão social e cidadania”, define o gestor.

Ele também lembra o que representa a mostra ser realizada na Praça dos Três Poderes. “Não existiria lugar melhor, não só em Brasília, mas no Brasil para fazer essa abordagem da pessoa com deficiência através de uma exposição que, com certeza, fará as pessoas refletirem sobre esse tema”, destaca.

A escolha do local também foi mencionada pela secretária de Turismo do DF, Vanessa Mendonça. A Casa de Chá foi palco do lançamento do selo Brasília Capital do Turismo Acessível, resultado de um Termo de Cooperação entre o Ministério do Turismo e da Embratur.

“A rota do turismo acessível foi feita em cima de uma experiência real com a atleta Andrea Pontes e reforça a integração das políticas públicas da Secretaria de Turismo e da Secretaria da Pessoa com Deficiência para que Brasília se torne a capital do turismo acessível pelas práticas e pela experiência pessoal”, relembra a secretária.

Mudança de olhar sobre a pessoa com deficiência

A aposentada Simone Pena prestigiou a cerimônia de abertura da mostra. Ela destaca “a importância do olhar do outro sobre a deficiência, de forma não pejorativa”. “Uma coisa que a gente precisa aqui em Brasília é dar visibilidade ao deficiente, à acessibilidade, que a gente precisa tanto”, ressaltou.

“Antigamente éramos vistos como pessoas a parte da sociedade, que não tinham uma vida, que não éramos felizes. E essas fotos mostram exatamente o contrário, a gente passeando, se divertindo, vivendo”, resume.

Fonte: SEPD - DF

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020

Live com a Ruth Maria

Live com a Ruth Maria
Os desafios e aprendizados da vida na cadeira de rodas.