Histórias de Irmãos: Uma série sobre convivência, diferenças, amor e desafios!

Compartilhe

 


O Projeto Irmãos, lança um canal de podcast com o objetivo de dar voz aos irmãos de pessoas com necessidades específicas (ou com deficiência) a partir  do olhar dos irmãos,  que é muito diferente do olhar dos pais e/ou responsáveis diretos. Dentro desse contexto a série traz entrevistas que falam sobre a importância das escolhas e validação dos sentimentos na relação de fratria, sem que haja o sentimento de culpa.

Segundo PIETSRZAK; FACION, a relação de irmãos “…se inicia com o nascimento de um segundo filho, o que pode gerar um conflito intergeracional, além de perturbar o equilíbrio constituído na família. Com os irmãos, dividimos nossa carga genética, nossa família, experiências, lembranças; um patrimônio psíquico é transmitido através das gerações. A fratria é um verdadeiro “laboratório” onde se experimentam pela primeira vez variadas relações interpessoais.” (PIETSRZAK; FACION, 2006, FERNANDES, 2002, pag 49)

Serão abordados conteúdos sobre diversidade, cultura regenerativa, sustentabilidade e claro, inclusão. Já estão no ar o documentário “Irmãos de Pessoas com Deficiência:  Ressignificando Sentimentos para Promoção da Inclusão” e a recém lançada “Histórias de Irmãos: Uma série sobre convivência, diferenças, amor e desafios!” também disponíveis no canal de youtube @Projeto Irmãos.

São retratadas histórias, projetos de vida e perspectivas de futuro que mostram a importância do pertencimento para os irmãos, como forma de contribuir com o  fortalecimento de vínculos familiares e, mais ainda,  auxiliar no processo de construção da história de vida do irmão com necessidades específicas, mas sem deixar de ser protagonista de sua própria vida! O empoderamento fraterno funciona como um impulsor para autonomia e envolvimento da família estendida (primos, tios, avós, etc), amigos próximos, impactando na construção de redes de apoio até mesmo em casos de famílias com filhos únicos com deficiência.

“Quando me sinto ouvida de verdade, me sinto pertencente, tenho vontade de continuar apoiando meus pais e dividindo responsabilidades para não deixá-los tão sobrecarregados. Além disso, tenho vontade de contar ao mundo a importância de olhar para o potencial de todo ser humano, muito além de qualquer tipo de diversidade funcional.” – diz Débora Goldzveig, idealizadora do Projeto Irmãos.

A série traz 2 diferenciais:

O olhar para o futuro: esta é uma iniciativa em parceria com o canal Gerocast, criado por Willians Fiori, o primeiro Podcast no Brasil que fala de longevidade, gerontologia , geriatria e saúde. “O envelhecimento é inerente a todos, começa quando nascemos. Precisamos desmistificar as consequências deste processo trabalhando as relações afetivas no presente, pensando em acessibilidade e desenho universal, principalmente quando se trata da pessoa com deficiência intelectual, que passa pelo envelhecimento precoce.” diz Willians.

A participação dos irmãos com necessidades específicas que participam de várias entrevistas.

O posicionamento de Patricia Castilho, que hoje é curadora do irmão Lauriceu Jr, de 51 anos, com Síndrome de Down, mostra a importância de contribuir com essas mensagens “É bem desafiador entender os limites do meu irmão e também os meus limites, não deixar que a chama dos meus sonhos se apaguem por conta do meu papel – e responsabilidades de curadora dele.”

O processo de construção dos episódios se dá em uma conversa prévia onde é definido quem será o  irmão no papel de entrevistador “oficial” e define-se a temática latente. Também contamos com a voluntária Mariana Resnik, designer e mãe de 3 filhos, sendo dois com Deficiência Intelectual e uma irmã que participa do Projeto. Vale ressaltar que cada uma dessas temáticas pode ser aplicada muito além do universo fraterno pois expõe corajosamente vulnerabilidades que todos nós temos em diferentes contextos de vida, além de nos levar a reflexões provocativas sobre a naturalidade de como tratamos certas questões a medida em que ter um irmão ou conviver com pessoas com deficiência, potencializa esse olhar mais empático e altruísta.

Além de disseminar esses valores, o processo da troca e escuta ativa através da CNV (Comunicação não Violenta), metodologias utilizadas pelo Projeto Irmãos, beneficia os próprios entrevistados em tamanho grau de profundidade capaz de ressignificar suas visões e atitudes perante a vida, algo como “antes e depois” do podcast. Como diz o slogan do projeto: “Respeitando Diferenças. Ressignificando Identidades.”

“Nós construímos nossa identidade e personalidade já vivendo a deficiência do nosso irmão desde cedo. Será que se tivéssemos a idade e disposição dos nossos pais, nós seríamos tão militantes assim?” reflete Caroline Nóbrega Almeida, irmã do André de 18 anos com Síndrome de Down, após a gravação do terceiro episódio sobre “culpa”.

Já Maria Paula, de Belo Horizonte, irmã da Maria Clara, de 16 anos com Síndrome de Down, após ouvir o mesmo episódio diz “lembro-me de em alguns momentos me culpar por ter tantos interesses e sonhos (olha isso!), pensava: Por que eu me interesso por tanta coisa? Eu poderia ser menos curiosa na vida…Uma coisa que me ajudou com isso foi pensar que nem sempre aquilo que a gente acha bom pra gente o outro também acha ou quer. E que para eu continuar inclusive sendo uma irmã/pessoa melhor preciso me nutrir dos meus sonhos também!”

Confira os 3 primeiros episódios da série:

Como manter a criança que existe em você?

Existe influência dos irmãos nos relacionamentos?

É “normal” sentir culpa por ser o irmão/irmã SEM deficiência?

Você pode acessá-los pelo Facebook, Youtube e Spotfy do Projeto Irmãos e canal Gerocast no Spotfy.

Caso você seja irmão de pessoas com necessidades específicas e queira participar, mande uma mensagem para Débora: (11) 996702771 ou para contato@projetoirmaos.com.br.

Sua opinião também será muito bem vinda!

Sobre o Projeto Irmãos

Criado e idealizado em 2014, formado por irmãos de pessoas com necessidades específicas, o Projeto irmãos proporciona um espaço íntimo, seguro, de compartilhamento sem julgamento, contribuindo para com o estabelecimento de vínculos familiares afetivos, um olhar respeitoso e empático para sociedade. Através da escuta ativa e fortalecimento das habilidades e competências socioemocionais, o projeto  atua como uma rede de conexões para disseminação da diversidade e militância pelos direitos das pessoas com deficiência,  sendo os membros  denominados como “embaixadores da inclusão”. Público alvo: 1. Irmãos de pessoas com deficiência; 2. Famílias; 3. Empresas e Escolas; 4. Iniciativa pública.

Abaixo os canais do Projeto Irmãos e Gerocast

▶️www.projetoirmaos.com.br

▶️ https://open.spotify.com/show/5xHpp4ahpaEbBmDwEk6Hzk

▶️ https://www.youtube.com/channel/UCnKKPUhbgs0c-jQga2iEDbg

▶️ FB: https://www.facebook.com/projetoirmaos/

▶️ Instagram: https://www.instagram.com/projetoirmaos2018/

Fonte: Revista Reação

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020

Live com a Ruth Maria

Live com a Ruth Maria
Os desafios e aprendizados da vida na cadeira de rodas.