Projeto de Lei Complementar oportuniza filmes legendados todos os dias para surdos

Compartilhe


Bento Gonçalves é o segundo município do Estado a contar com uma lei municipal que obriga as salas de cinema a garantirem uma sessão, no mínimo, por dia, com filmes legendados.

RIO GRANDE DO SUL – O município de Bento Gonçalves deu mais um passo visando a inclusão do público com deficiência auditiva à sociedade. Agora, os surdos terão a oportunidade de contar com, no mínimo, uma sessão por dia nas salas de cinema com filmes legendados, obrigação que foi imposta pelo projeto de Lei Complementar da Lei Municipal nº 313, sancionado pelo prefeito Guilherme Pasin em dezembro.

A Lei Complementar, de autoria do vereador Idasir dos Santos, foi um pedido da Associação de Surdos de Bento Gonçalves que, segundo sua presidente, Daniela Flamia, esteve lutando há 15 anos pelas legendas nos filmes nas salas de cinema. “Decidimos fazer esse projeto tendo em vista que temos um número expressivo de jovens adolescentes surdos que gostam de cinema, mas que não tinham como participar em função de que os filmes não eram legendados”, explica o vereador.

O projeto visa a obrigação das salas de cinema do município a passar, no mínimo, uma sessão com filmes legendados para atender o público surdo de Bento Gonçalves e região. Salienta-se no artigo 75, parágrafo V, que, em caso de conter mais de um estabelecimento no município, os horários dos filmes com legenda não poderão coincidir. “O projeto é extremamente importante, independentemente do número de surdos na cidade e que gostem de cinema. Se tiver um que goste e que tem a oportunidade de participar, de assistir os filmes através deste projeto, já terá valido a pena”, ressalta Idasir.

A Lei Complementar é fruto da luta da Associação de Surdos de Bento Gonçalves que lutou pela causa, sobretudo através da campanha “Legenda para quem não ouve, mas se emociona”. “Infelizmente não tem lei federal que obrigue 100% de legendas no Brasil. O projeto de Lei de Bento tem grande importância pois temos bastante surdos aqui na cidade e merecem serem respeitados e garantidos na acessibilidade. Além disso, ajudará também os idosos que perdem audição com o passar de idade”, afirma a presidente da entidade.

Segundo a proprietária da Movie Arte, rede de salas de cinema de Bento Gonçalves localizadas no L’América Shopping e no Shopping Bento, Roberta Gorniski, há seis anos (e há três anos no Shopping Bento) a gestão que administra os espaços tem programado sessões com filmes na versão dublada e legendada, sempre que disponibilizados para os cinemas.

Além de aprovar o projeto de Lei Complementar, a rede já cumpre os requisitos previstos na Lei de Acessibilidade. “No último mês de julho, adquirimos equipamentos homologados com tradução em libras e áudio descrição l, aprovados pela ANCINE (Agência Nacional do Cinema), fornecido pelo mesmo fabricante dos equipamentos adquiridos pelas grandes redes. Esses equipamentos estão instalados no Shopping Bento e, a partir de janeiro, serão adquiridos para todas as salas da nossa rede”, explica Roberta.

Apesar de estar previsto na Lei Municipal, Roberta salienta que os filmes nacionais ainda não são disponibilizados na versão legendada pelas produtoras. “Os cinemas não editam e não legendam filmes, eles devem vir com essa opção da distribuidora, o que ainda não acontece. Assim que, as produtoras e distribuidoras se adequarem nessa questão, a rede Movie Arte de Cinemas novamente buscará se adequar às normas de acessibilidade, buscando garantir o acesso de todos também aos filmes nacionais”, comenta.

Apesar de os filmes nacionais não possuírem legenda na tela, no Shopping Bento, a sala de cinema exibe esses filmes com o equipamento de acessibilidade, com tradução em libras para duas pessoas por sessão.

Todos os filmes disponibilizados com a versão legendada pelas distribuidoras são exibidos nas primeiras semanas em cartaz de forma alternada no L’América Shopping e no Shopping Bento, quando exibidos nos dois cinemas. A rede também oferece sessões legendadas em horários alternados a cada semana de qualquer filme, a fim de dar oportunidade a todos. “Quando o filme está em final de carreira, ou seja, somente uma sessão em cartaz ou que já esteja na quarta semana, ou ainda quando entram novas estreias, mantemos somente uma sessão na versão dublada, pois não há procura e não temos como manter sessões zeradas de público”, explica a diretora.

Para conferir as sessões legendadas, dubladas, com tradução em libras e áudio descrição, basta acessar o site www.moviearte.com.br, ou as redes sociais dos cinemas, ou ainda entrar em contato nos nossos telefones disponíveis no site.

O filme “Minha Mãe é Uma Peça 3″, que terá sua estreia nos cinemas no dia 26 de dezembro, será exibido com tradução em Libras no Shopping Bento.

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live com a Ruth Maria

Live com a Ruth Maria
Os desafios e aprendizados da vida na cadeira de rodas.

Live sobre O olhar para a sexualidade.

Live sobre O olhar para a sexualidade.
Converso com a Andréia Ribeiro @realizemudancas sobre O olhar para a sexualidade.

Live com Marcos Zufelato

Live com Marcos Zufelato
Família sobre Rodas com Marcos Zufelato 12/08/2020