O Tempo - 16 anos

Compartilhe


 
Tudo é precioso para aquele que foi, por muito tempo, privado de tudo.
O tempo tem duas caras, se bem aproveitado será um grande aliado, se não, será seu pior inimigo. (Desconhecido)

Acho que essas duas frases resumem um pouco a data de hoje para mim. Quando caí da escada e fiquei tetraplégica, tinha 16 anos e hoje completa 16 anos que estou na cadeira de rodas.

Essa data marca a maior mudança na minha vida, uma mudança drástica e repentina que me foi imposta, sem perguntar se queria. Eu a tinha como uma mudança ruim, uma data que talvez não merecesse ser lembrada ou comemorada, mas com o passar dos anos percebi que devo SIM lembrar, comemorar e agradecer a Deus por me deixado viva e melhor ainda, com uma imensa vontade de VIVER.

Mesmo depois de tanto tempo, a vontade de andar não diminuiu, pelo contrário ela aumenta cada vez mais. Por vezes me pego chorando e pedindo a Deus minha autonomia de volta, mas sei que o tempo Dele é diferente do meu e seguir em frente do jeito que estou, é o melhor que tenho a fazer.

Não consigo fazer quase nada sozinha, mas Deus me deu de presente a melhor mãe do mundo, e ainda manda anjos em todo lugar que vou prontos para me ajudar. 


Este ano estou encarando de um jeito diferente. Estou com vontade de comemorar, de agradecer, de estar com todos que amo e dizer: OBRIGADA SENHOR PELA MINHA VIDA E MINHA FAMÍLIA, OBRIGADA PELA VONTADE INFINITA QUE TENHO DE VIVER, OBRIGADA A TODOS QUE AMO E FAZEM PARTE DA MINHA HISTÓRIA. Estou bem comigo mesma e com tudo que conquistei mesmo estando em uma cadeira de rodas. 

Só tenho um pedido: NÃO ME DEIXE MORRER SEM ANTES DANÇAR MAIS UMA VEZ.

Quero deixar aqui a minha admiração e carinho a meus seguidores do blog e a meus "amigos de rodinhas", vocês são guerreiros e me inspiram. Obrigada pelo carinho.


Vou seguir andando ou não, mas com vontade e Deus no coração, ninguém me segura.



Compartilhe

3 comentários:

  1. Fernanda Zago coloque em seu blog informações sobre a LC 142/2013 que é muito importante para pessoas com deficiência.

    ResponderExcluir
  2. Vc têm muita coragem, Fernanda, é uma guerreira. Tb sou tetraplégico, devido a um mergulho, a 20 anos. Deu nos abençoe.
    Aloísio.

    ResponderExcluir
  3. Vc têm muita coragem, Fernanda, é uma guerreira. Tb sou tetraplégico, devido à um mergulho, 20 anos atrás. Sigamos em frente, e que Deus nos abençoe.

    ResponderExcluir

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020

Live com a Ruth Maria

Live com a Ruth Maria
Os desafios e aprendizados da vida na cadeira de rodas.