Lançado em Curitiba os Super Normais!

Compartilhe

PROJETO TRANSFORMA DOIS CADEIRANTES E UM DEFICIENTE VISUAL EM PERSONAGENS DE HISTÓRIAS EM QUADRINHOS E MOSTRA O COTIDIANO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA DE FORMA CRIATIVA.
    Mirella Prosdócimo e Rafael Bonfim, que possuem deficiência física e usam cadeira de rodas, e Manoel Negraes que tem deficiência visual, em parceria com o desenhista Rafael Camargo, lançaram um projeto que visa apresentar e debater a diversidade humana.
   Pelas mãos de Camargo (que também criou o nome do projeto), os três moradores da cidade de Curitiba viraram os Super Normais, personagens de histórias em quadrinhos que mostrarão, a partir de suas experiências de vida, o cotidiano das pessoas com deficiência de forma criativa, natural e bem humorada.
    Segundo o grupo, o que diferencia o projeto de outros que já existem é o fato de ter sido idealizado por pessoas com deficiência, o que valoriza o protagonismo e prioriza a realidade desta parcela da população.
    Inicialmente, as tirinhas serão publicadas semanalmente na página criada no Facebook (www.supernormais.com.br), mas outras novidades serão lançadas em breve. Curta, acompanhe e divulgue os Super Normais e faça parte desta turma também.

Fonte: Queremos acessibilidade

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live com a Isabela Ribeiro

Live com a Isabela Ribeiro
Converso com a Isabela sobre Autoestima e superação

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020