Redes Sociais conseguem colocar a audiodescrição na pauta do Ministério das Comunicações

Compartilhe

    Desde que assumiu o cargo a frente do Ministério das Comunicações, o ministro Paulo Bernardo vem sendo bombardeado com mensagens via Twitter solicitando posicionamento a respeito do cumprimento da Portaria 188 que determina a veiculação de míseras duas horas por semana de programação com audiodescrição pelas emissoras de televisão a partir de julho/2011. Até uma Carta Aberta foi enviada para o ministro, com cópia para a ministra de Direitos Humanos, para o Conselho Nacional de Direitos das Pessoas com Deficiência e entidades representativas de pessoas cegas e com síndrome de Down.
    Surpreendentemente, ontem, sábado, sem que fosse especificamente questionado, o simpático e conectado Ministro citou o assunto durante uma longa entrevista para o programa “Na Varanda Cast”, que é transmitido em streaming pela Internet. Durante toda a transmissão, que durou quase duas horas, o “Na Varanda Cast” esteve em primeiro lugar no TTS-BR, chegando ao ponto dos entrevistadores se perderem em meio a enorme quantidade de twets com perguntas para o ministro e comentários sobre o programa. Para não fugir a regra, também não faltou a praga dos spamers.
    Pena que não conseguimos uma cópia do vídeo que pudéssemos editar para que fosse possível disponibilizar aos nossos leitores apenas a parte da entrevista em que o ministro fala da audiodescrição, mas graças ao eficiente trabalho de militantes, como o Rodrigo, conseguimos extrair e editar o áudio da entrevista. Ouça aqui o trecho em que o ministro conta como tomou conhecimento da audiodescrição, ou leia a transcrição abaixo.
   
    Entrevistadora: Ministro, eu queria saber com que medida aquilo que é discutido e tratado pelos usuários das redes sociais como Facebook, Twitter e blogs, influenciam as decisões do governo. Existe essa relação?
Ministro: Existe com certeza. Até porque como chega muita informação eu normalmente olho as redes sociais de manhãzinha e à noite, antes de dormir. Você sabe, todo mundo que está na rede sabe, vem uma montanha de coisa repetida. Vem coisas que você fica achando que não é bem assim. E tem coisas extremamente relevantes. Então, o que eu normalmente faço: separo aquelas coisas que eu acho relevante para checar. Às vezes eu achei relevante, depois vou ver que aquilo já existia, não é? Mas como eu não sabia... Então a gente vai separando para alguém olhar. “Olha, veja esse link que me mandaram, eu não tenho certeza mas eu quero mandar uma resposta, eu quero dar um tratamento”. Veja, me pediram com insistência para tratar de uma coisa chamada audiodescrição. Depois de ler a primeira vez eu simplesmente não sabia o que era audiodescrição. Aí pedi para alguém olhar. A audiodescrição, acho que vocês que são mais conectados, sabem que é um processo de melhorar a visibilidade na televisão para as pessoas que têm deficiência. Então nós começamos a trabalhar nisso, como é que está funcionando isto. A Secretaria de Direitos Humanos já entrou na parada e nós estamos trabalhando. Então, a partir de uma demanda que veio pelo twitter, nós estamos tentando definir uma política do que o governo já estava trabalhando. Mas eu confesso, depois vou ter que responder para a pessoa que me enviou sobre a audiodescrição, “o que é isso?”. Claro, parece óbvio, mas na verdade diz respeito à transmissão de televisão e nós temos que resolver isto.


Fonte: Blog Audiodescrição

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Unawheel - Entrega e primeiro passeio
Unawheel - Entrega e primeiro passeio

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Lives da Fê no Insta

Live com a Isabela Ribeiro

Live com a Isabela Ribeiro
Converso com a Isabela sobre Autoestima e superação

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live sobre Pessoas com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?
Converso com a Váleria Schmidt @schmidt sobre Pessoa com deficiência: Exemplo de superação? Ou não?

Live com Roberto Denardo

Live com Roberto Denardo
A pessoa com deficiência na vida pública 06/10/2020