Unidades da Unesp contam com aulas remotas e acessíveis às pessoas com deficiência auditiva nos cursos de pós-graduação

Compartilhe


Dos 34 centros de ensino, apenas quatro não têm nenhuma atividade didática digital para cursos de pós-graduação no período de pandemia de COVID-19

Cursos para pessoas com deficiência auditiva
Um levantamento realizado pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação (Propg) da Universidade Estadual Paulista (Unesp) na primeira semana de maio mostrou que 30 das 34 unidades da instituição com Programas de Pós-graduação realizam alguma atividade didática por meio de plataformas digitais. O percentual de disciplinas presenciais que estão sendo oferecidas remotamente em cada um desses locais varia de 2,9% a 100% durante o período de pandemia de COVID-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

“Estão em curso em toda a Unesp 642 disciplinas de pós-graduação, em formato não presencial, das 1.147 que seriam realizadas presencialmente. O que representa 56% do total. Desde o início da quarentena, nós nos preocupamos em preservar a saúde de docentes e alunos com a suspensão das atividades presenciais de ensino e estimulamos as não presenciais. Nossa sondagem mostra que os professores responderam ao chamamento da universidade e aceitaram o desafio de lecionarem remotamente nesse momento de isolamento social, estratégia de adaptação à pandemia”, afirma ao Portal da Unesp a professora Telma Berchielli, pró-reitora de Pós-Graduação da Unesp.

Na Faculdade de Ciência e Tecnologia da Unesp, do campus de Presidente Prudente, das 37 disciplinas presenciais propostas, no início do ano, 30 estão em curso no formato digital (índice de 81,1%). Quatro delas são ministradas no Programa de Pós-graduação em Geografia (PPGG).

“A partir do momento em que passaram a vigorar as medidas de isolamento social, o Conselho do PPGG enviou um questionário aos alunos com o objetivo de identificar as condições de saúde, a situação do local em que se encontravam em isolamento, as condições de acesso a computador e internet”, destaca ao Portal da Unesp o professor Everaldo Melazzo, coordenador do PPGG.

Experiência

Nos três maiores campi da Unesp, o índice mínimo de disciplinas em andamento supera os 28%. Na Faculdade de Ciências e Letras da Unesp, do campus de Araraquara, a disciplina ‘Práticas Semióticas’, do Programa de Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa (PPGLLP), é uma das 21 matérias da unidade que ocorre virtualmente. Ela é ministrada pelos professores Jean Cristtus Portela, Arnaldo Cortina e Matheus Schwartzmann, com a colaboração dos pós-doutorandos Patrícia Moreira e Thiago Correa.

Essa é a primeira experiência didática virtual do professor e coordenador da PPGLLP, Jean Cristtus Portela, que já havia tido contato com algumas das ferramentas tecnológicas, mas estava acostumado com as aulas tradicionais por meio da exposição oral, com uso de lousa e debates presenciais, no máximo com a utilização de alguns slides.

“O desafio inicial foi chegar a um consenso entre os responsáveis pela disciplina sobre o que e como poderíamos fazer, e se seria conveniente adotarmos estratégias remotas de formação nesse momento. O segundo desafio, que foi um princípio que nos impusemos, era a questão da inclusão, tanto no que se refere ao acesso dos alunos a computadores e à conexão de internet quanto em relação aos discentes surdos, que careciam da atuação do intérprete de Libras. Quando tivemos retorno positivo sobre as condições de acessibilidade tecnológica de toda a turma e a confirmação, por parte da direção da faculdade, de que teríamos o tradutor, vimos que seria possível dar continuidade ao nosso curso”, conta Jean Cristtus Portela ao Portal da Unesp.

Ensino a distância

Assim como o professor Jean, a professora e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Medicina Veterinária, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Unesp, do campus de Botucatu, Renee Laufer Amorim, também nunca tinha oferecido disciplinas de forma remota, mas durante a pandemia encarou o desafio e está ministrando as matérias ‘Tópicos Especiais em Pandemia COVID e Saúde Mental’ e ‘Tópicos Especiais em Quarentena Como Ferramenta de Autoconhecimento’, duas das 23 disciplinas em curso na FMVZ nesse período. A primeira conta com a participação de 50 alunos e outra tem 60 estudantes de Veterinária, Zootecnia, Enfermagem e Medicina.

“Há muitos alunos nas disciplinas porque aproveitaram esse tempo para fazer as disciplinas, já que estariam em atividades práticas no campo ou em laboratório se não fosse a pandemia. Também viram oportunidade para integralizar os créditos de mestrado ou doutorado e, assim, manter a data da qualificação, apesar da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) ter prorrogado os prazos. Tem um casal de alunos no Catar que fica no Oriente Médio fazendo a disciplina e um aluno no Pará que são gratos pela possibilidade de cursarem as disciplinas a distância”, comenta Renee Laufer Amorim ao Portal da Unesp.

Ao contrário de Jean Cristtus Portela e da Renee Laufer Amorim, o professor Carlos Roberto Grandini, do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais (POSMAT), da Faculdade de Ciências (FC) da Unesp, do campus de Bauru, já ministra aulas a distância desde 2009.

“Isso foi muito interessante, pois permitiu que alunos de diversos campi da Unesp e também de outras instituições do Brasil e do exterior pudessem assistir às aulas que passaram a ser de maneira não presencial. A participação dos alunos é instantânea, como se estivéssemos juntos na sala. As dúvidas e os esclarecimentos são feitos no momento em que eles aparecem. Seminários de alunos também são realizados do local onde estão acompanhando as aulas, tanto por computador quanto por smartphone. Neste semestre, temos 42 estudantes de seis campi da Unesp, de três instituições de São Paulo e de organizações da Argentina, México e Espanha”, revela Carlos Roberto Grandini ao Portal da Unesp.

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Imagem 3

Imagem 3
Mobilidade total com a Unawheel

Lives da Fê no Insta

Live com o Paulinho

Live com o Paulinho
Pais e Filhos mais que especiais com Paulinho

Live COnVivenDo com o vírus

Live COnVivenDo com o vírus
COnVivenDo com o vírus, com o Dr. Ricardo Ramos

Live com Marcos Zufelato

Live com Marcos Zufelato
Família sobre Rodas - 12/08/2020