Documentário dá voz a mulheres com deficiência

Compartilhe »»
Documentário 'Silenciadas: em busca de uma voz' conta a história de mulheres com deficiência.

Documentário entrevistou mulheres com deficiência (Foto: Reprodução)

Resultado do Programa de Mestrado Acadêmico em Letras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), documentário dá voz a mulheres com deficiência.

Intitulado ‘Silenciadas: em busca de uma voz’, o documentário foi realizado a partir de uma pesquisa realizada pela educadora social Flávia Pieretti Cardoso, com orientação da professora Maria Leda Pinto e coorientação da professora Léia Teixeira Lacerda.

Mulheres com deficiência

Flávia Pieretti, que é intérprete de Libras, também atua, há cinco anos, na área da violência contra mulheres com deficiência. Por conta de sua militância junto à Associação de Mulheres com Deficiência do MS (AMDEFMS), ela fez questão de garantir acessibilidade ao vídeo.

“Para que todas as mulheres sejam contempladas em seu direito à informação esse documentário configura-se em um instrumento de enfrentamento à violência de gênero contra mulheres com deficiência”, explica Flávia.

De acordo com a orientadora do projeto, a pesquisa e a produção do documentário surgiram a partir de experiência e vivência. “Flávia esteve envolvida com várias mulheres com deficiência de Campo Grande, e por diversas vezes ouviu os relatos de violência de gênero vivenciados por elas, algumas na infância, outras na adolescência, outras por toda uma vida e, em muitos casos, sem se darem conta de que haviam sido vítimas de violência”, conta Maria Leda.

Segundo a professora Léia Lacerda, o documentário dá voz às mulheres com deficiência, oportunizando a expressão de suas vivências, de seus sentimentos, de suas ‘memórias’ sobre a temática da violência de gênero, bem como, mostra como se tornaram protagonistas de suas vidas apesar dos episódios relatados.

“O documentário apresenta a história de seis mulheres com diferentes deficiências e o relato da mãe de uma menina com autismo. Além das vozes dessas mulheres, também temos a voz de três mulheres que atuam diretamente no combate e no enfrentamento da violência contra as mulheres em Campo Grande (MS)”, relata Léia Lacerda.

Assista ao documentário ‘Silenciadas: em busca de uma voz’. 



Fonte: Portal Acesse

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.