Palestra ‘SurdoCegueira: Uma condição Única’ fala sobre importância do profissional guia-interprete e suas vertentes

Compartilhe »»
Imagem: foto do evento, em cima do palco a gestora de Língua Brasileira de Sinais - Libras, da SEDPcD-SP, Silvia Sabanovaite palestra em Libras

Nesta quinta-feira (23), a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência recebeu, a palestra “SurdoCegueira: Uma condição Única”, realizada pelo Grupo Brasil e Associação Educacional para Múltipla Deficiência (AHIMSA).

O evento, que reuniu cerca de 100 pessoas, abordou a importância do profissional guia-interprete para auxiliar na comunicação de pessoas com surdocegueira. Diferente do interprete de Libras, o guia-interprete domina diversas formas de comunicação utilizadas por essas pessoas.

Para o palestrante Carlos Alberto Junior, surdocego, o guia-interprete foi um canal de libertação a ele, pois por meio do profissional, ele teve a certeza de que é capaz de fazer tudo, só precisava de uma explicação primeiro.

Além disso, os palestrantes debateram sobre as pessoas com deficiência múltipla sensorial e os seus desafios, e ressaltaram a importância de transmitir informações sobre o tema, bem como formar cada vez mais profissionais que atendam essas pessoas.

Surdocegueira

A surdocegueira é uma deficiência singular que apresenta perdas auditivas e visuais em diferentes graus, levando a pessoa surdocega a desenvolver diferentes formas de comunicação para entender e interagir com a sociedade.

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.