JW.ORG: Libras e braile na Bienal do Rio

Compartilhe »»

Site é o mais traduzido do mundo, conta com informações em 98 línguas de sinais e terá estande acessível na maior feira de livros

Por Taís Lambert / Fotos: Divulgação


Você já imaginou um site que contém inúmeros vídeos e programas educativos em 98 línguas de sinais? Entre elas, por exemplo, estão as línguas de sinais etíope, suázi, nepaleza, do Sri Lanka, do Camboja, da Lituânia, de Hong Kong e, claro, a Libras, a Língua Brasileira de Sinais.

O JW.ORG, site oficial das Testemunhas de Jeová, é um fenômeno virtual que ocupa o primeiro lugar no ranking mundial: é o site mais traduzido do planeta, com 984 idiomas. Para efeito de comparação, a Wikipédia, que aparece em segundo lugar no ranking, disponibiliza seu conteúdo em 294 línguas e o Google, em terceiro lugar, é traduzido para 150 idiomas.

Nesta 19ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que abriu na em 30 de agosto, no Riocentro, na Barra da Tijuca, o JW.ORG conta com um estande acessível. Com uma área voltada para os cegos e outra para os surdos, haverá fones de ouvido, material em braile e vídeos em Libras. O espaço também terá recepção em Libras para atender aos surdos em todos os dias da feira.

Quem visitar o estande terá a oportunidade de conhecer a bíblia e muitas outras publicações em braile. Poderá também se informar sobre como adquirir o livro sagrado na língua dos cegos: a Tradução do Novo Mundo, das Testemunhas de Jeová, é traduzida para o braile nos Estados Unidos e doada para o Brasil. A bíblia completa em braile é composta por dezenas de volumes e alcança 2 m de altura. Todo esse material acessível é fornecido gratuitamente.

Produzindo publicações baseadas na bíblia para os cegos há mais de cem anos, as Testemunhas de Jeová desenvolveram um programa de computador capaz de converter textos para o braile em vários idiomas. Isso permite produzir em braile a bíblia e outras publicações em praticamente qualquer língua, incluindo as que não usam o alfabeto romano.

Para todos


No JW.ORG uma variedade de publicações pode ser baixada de forma gratuita, entre elas a Bíblia, muitos e-books e arquivos de áudio e vídeo, bem como artigos de revistas. A Sentinela, a revista de maior circulação no mundo, com tiragem de 83 milhões de exemplares por edição, é uma das publicações disponíveis.

Além das pessoas com deficiência visual e auditiva, o site também busca atingir outros públicos da diversidade: entre as centenas de idiomas do JW.ORG encontram-se publicações em línguas indígenas como guarani, kaingang, macuxi, nhengatu, sateré-mawé, ticuna, wapishana e xavante. “Nosso interesse é ajudar os povos indígenas a conhecer melhor seu próprio idioma, ao passo que preservam sua cultura e história”, declarou Ricardo Carneiro, assessor de imprensa do estande.

Todos os que visitarem o estande vão se beneficiar de matérias sobre assuntos como, por exemplo, o desafio de lidar com a depressão e como familiares e amigos podem dar apoio emocional e prestar ajuda prática. Nas publicações das Testemunhas de Jeová, são recorrentes temas atuais como depressão em adolescentes, problemas sociais como insegurança envolvendo crimes virtuais, desigualdade econômica, conflitos e perseguição, meio ambiente ameaçado, bullying e abuso sexual de menores.

As crianças que visitarem o espaço poderão assistir a vídeos em desenho animado com temas educativos como: Ajude os outros, Faça novos amigos, Sempre agradeça, Divida suas coisas com outros, Seja limpo e organizado e É errado roubar. Para  os adolescentes, os vídeos O que é um amigo de verdade Como enfrentar o bullying sem partir para a briga prometem ser de ajuda prática. Para os pais, o estande disponibilizará o vídeo Proteja seus filhos (Como se defenderem de abusadores).

O que: estande acessível do JW.ORG, na 19ª Bienal Internacional do Livro Rio
Onde: Riocentro, na Av. Salvador Allende, 6555 – Barra da Tijuca
Quando: Durante todo o evento, de 30 de agosto a 08 de setembro de 2019


Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.