IPC anuncia programa esportivo para os Jogos Paralímpicos de Paris 2024

Compartilhe »»


O Comitê Paralímpico Internacional (IPC, em inglês) anunciou na última sexta-feira, 25, em reunião de seu Conselho Executivo, a manutenção do programa esportivo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 para Paris 2024. A decisão foi anunciada em Londres, no Reino Unido, onde o painel reuniu-se durante cinco dias. A decisão deixa o futebol de 7, para paralisados cerebrais, fora do calendário da competição.

Mantém-se, desta forma, a composição atual com 22 modalidades. São elas: atletismo, badminton, basquete em cadeira de rodas, bocha, canoagem, ciclismo, esgrima em cadeira de rodas, futebol de 5, goalball, halterofilismo, hipismo, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas, triatlo, remo, rúgbi em cadeira de rodas, tiro com arco, tiro esportivo e vôlei sentado.

A opção por não incluir o futebol de 7 na programação dos Jogos de Paris 2024, de acordo com Andrew Parsons, presidente do IPC, passou sobretudo pelo equilíbrio de gênero no total de participantes do evento (4.350) - uma vez que a modalidade possui apenas disputas masculinas atualmente.

"Eu acredito que o programa final de competições para os Jogos de Paris 2024 é extremamente atrativo. Temos 22 modalidades com apelo global, igualdade de gênero e que oferecem aos atletas de um vasto tipo de deficiências a oportunidade de competir no maior palco de todos, na capital francesa. A comunidade do futebol de 7 ficará desapontada com a decisão, mas estarão em uma posição muito boa para serem incluídos no futuro caso sigam a evolução feminina do esporte", disse Andrew, que presidiu o Comitê Paralímpico Brasileiro de 2009 a 2017.

O processo de escolha das modalidades para Paris 2024 teve início em novembro de 2017. Seis esportes pleitearam o espaço na competição, mas apenas as atuais 22 modalidades e o futebol de 7 avançaram para o estágio final de análise. Os Jogos Paralímpicos de 2024 acontecerão entre os dias 28 de agosto e 8 de setembro, na capital francesa.

Fonte: CPB

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.