Prefeitura celebra Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência com programação especial

Compartilhe »»
Atividades contam com shows, oficinas artísticas e culturais


Rio - Nesta sexta-feira, é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência e para marcar a data e estimular ações de inclusão, a Prefeitura do Rio preparou uma programação especial que vai até até segunda-feira.

A primeira atividade realizada  hoje, aconteceu no Centro Municipal de Reabilitação Oscar Clark, com contação de histórias, dança de bolero por um casal de deficientes visuais e até grafitagem no muro do entorno do prédio da sede da unidade no Maracanã, na Zona Norte do Rio.

Já no domingo, das 10h às 18h, a Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio, abriga o festival "O Que Move Você", com shows, performances e oficinas de artes gratuitas para pessoas com e sem deficiência. Artistas como Paola Oliveira, Marcelo Serrado, Eriberto Leão, Gigante Leo, Arlindo Lopes e Danielle Suzuki vão participar do evento, que terá ainda a remontagem da exposição de cadeiras de rodas vista por mais de 1 milhão de pessoas nas Olimpíadas do Rio, no Boulevard Olímpico.

"Estamos trabalhando firme para que o Rio seja uma cidade cada vez mais inclusiva. Para isso, temos apoiado e participado de todos os eventos nessa área, sempre mostrando nossos serviços e projetos. Nossa missão é que as pessoas com deficiência desenvolvam todas as suas potencialidades e levem uma vida digna", afirma o prefeito Marcelo Crivella.

Números

Com uma unidade também no CIAD, o Oscar Clark atende a mais de 500 pacientes por dia, a maioria em sua sede, no Maracanã. Entre os serviços oferecidos estão os de reabilitação de média e alta complexidades nas especialidades auditiva, física, intelectual e visual, e ainda atendimento especializado a pessoas com deficiência permanente ou temporária encaminhadas pela rede pública de saúde por meio do Sistema de Regulação.

A unidade conta com equipes multidisciplinares compostas por fisiatras, ortopedistas, homeopatas, oftalmologistas, otorrinolaringologistas, profissionais de enfermagem, dentistas, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, musicoterapeutas e acupunturistas. O principal foco dos atendimentos é promover a dignidade e a inserção social com projetos que possibilitem a locomoção, a comunicação, a autonomia e a independência.

A data 

Comemorado desde 1982, o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência só foi oficializado em 2005, pela Lei Nº 11.133, que garante uma série de direitos relacionados à acessibilidade, educação e saúde, estabelecendo punições para atitudes discriminatórias.

Fonte: O Dia

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.