Resende amplia processo de inclusão através de Libras

Compartilhe »»


Resende – A prefeitura está ampliando seu canal de comunicação com as pessoas com deficiências auditivas. A partir de agora, todos os vídeos institucionais produzidos pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos, contarão com tradução para a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

A medida visa promover o acesso das pessoas com deficiência auditiva, total ou parcial, aos programas, serviços, projetos e ações desenvolvidos na cidade e que são divulgadas através dos vídeos. Entre elas estão a realização de campanhas de vacinação contra a febre amarela, gripe ou o sarampo, por exemplo; orientações sobre como combater a dengue; as obras de reforma e ampliação de unidades escolares; além de campanhas de doação de sangue, entre outros.

De acordo com o último Censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Resende tinha, em 2010, 1.037 pessoas com deficiência auditiva grave – número que pode ser muito superior atualmente, após oito anos da realização da contagem oficial.

Para a secretária municipal de Comunicação, Tatiane Gavioli, a tradução dos vídeos institucionais para a Língua Brasileira de Sinais, comprova o empenho que a atual gestão vem fazendo no sentido de promover a inclusão das pessoas com deficiência, em todos os sentidos.

– Resende é hoje uma cidade diferenciada quando o assunto é respeito e atenção às pessoas com deficiências. Prova disso é que a cidade conta com unidades especializadas na educação de pessoas com deficiências auditiva e visual, que são atendidas através da Escola Rompendo o Silêncio e do Centro Municipal de Atendimento ao Deficiente Visual (CEDEVIR). Além disso, na atual gestão, as obras executadas pela Prefeitura respeitam e cumprem as regras de acessibilidade, com rampas e banheiros adaptados. Neste sentido, a busca pela inclusão precisa estar presente em todos os setores e é isso que estamos fazendo agora com a adoção da Língua de Sinais em nossos vídeos – disse Tatiane.

O primeiro vídeo traduzido em Libras, e que já pode ser acessado através do site da Prefeitura ou do canal do youtube, aborda as obras de melhoria que estão sendo realizadas na Serrinha do Alambari, onde a Prefeitura está revitalizando a quadra da Escola Municipal Moacir Coelho da Silveira, o parque infantil e o portal de entrada da localidade turística. A tradução dos vídeos para a Língua de Sinais é feita pela professora de educação especial Thaís Dias Fontes, pedagoga e pós-graduada em Libras.


Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.