Atleta paraolímpico conta como o Apple Watch mudou a sua rotina

Compartilhe »»

*Por Luiz Gustavo Ribeiro, publicado na MacMagazine



Apple avança nas tecnologias assistivas e integra o sexto ano do Dia Mundial da Conscientização da Acessibilidade

No dia 17 de maio, será celebrado, pelo sexto ano, o Dia Mundial da Conscientização da Acessibilidade (Global Accessibility Awareness Day ou GAAD, que tem como intuito provocar a reflexão sobre acesso, acessibilidade digital (web, software, dispositivos móveis e outros) e inclusão para pessoas com deficiência. No ano passado, a Apple produziu comerciais que ilustram a realidade de pessoas com necessidades especiais que utilizam seus produtos.

Neste ano, a Apple destacou o trabalho que vem fazendo nos últimos anos para beneficiar pessoas como Austin Pruitt, atleta paraolímpico americano que possui paralisia cerebral (condição que restringe os seus movimentos do joelho para baixo). Para a CNET, o atleta contou como o Apple Watch tem contribuído para melhorar a performance dos seus treinos — referente ao recurso implementado no relógio que acompanha as atividades realizadas em cadeira de rodas.

Antes das facilidades proporcionadas pelo Apple Watch, Pruitt normalmente ajustava diferentes rastreadores à cadeira de rodas para registrar os seus treinos, o que tornava o processo muito mais demorado. Além dos treinos, o relógio da Maçã acompanha outras atividades diárias do atleta e tem se tornado um dispositivo “tudo em um”.

A cada novo sistema operacional, a Apple incrementa novas funcionalidades que visam melhorar não apenas a vida de alguns grupos de pessoas, mas também um grupo maior de usuários (principalmente de iPhones).

Um exemplo: o iOS permite que uma pessoa com deficiência visual possa usar o seu iPhone para encontrar especiarias específicas usando um aplicativo de câmera para ler códigos de barras. Ainda que fundamental para os usuários deficientes visuais, a ferramenta é uma facilidade também para usuários em geral.

Para Sarah Herrlinger, diretora global de políticas de acessibilidade e iniciativas da Apple, todos os anos a companhia tenta implementar novos recursos. “Nós pensamos em como podemos melhorar ano após ano”, completou a diretora.

Entre outras funcionalidades implementadas pela Maçã, estão as funções de filtros de cor (em Ajustes » Geral » Acessibilidade » Adaptações de Tela » Filtros de Cor) para usuários daltônicos e a opção fala (que permite deficientes visuais ouvir o conteúdo da tela indo em Ajustes » Geral » Acessibilidade » Fala), seja para emails ou mesmo para uma lista de compras.

Para pessoas com deficiência auditiva, a compatibilidade de aparelhos auditivos foi melhorada e as opções de legendas possuem agora um menu próprio (em Geral » Ajustes » Acessibilidade » Legendas e Legendas Opcionais).

Vamos aguardar pelos novos recursos que serão implementados pela Apple nos seus próximos sistemas operacionais (iOS 12, macOS 10.14, watchOS 5 e tvOS 12), principalmente aqueles que contemplem acessibilidade e ajude ainda mais a vida de pessoas com necessidades especiais.

Fonte: MacMagazine 

Nenhum comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Tecnologia do Blogger.