15/12/2017

Lavrador baiano cria cadeira adaptada para filho com deficiência rara

 Encontro estudantil trouxe outras novidades, como a empada de palma

Joaquim (ao fundo, de azul) criou cadeira adaptada para o filho Erick, de 10 anos (Betto Jr./CORREIO)

O lavrador Joaquim Silva Castão, 49 anos, foi pego de surpresa em 2009. Ele descobriu que seu filho estava com Artrogripose, um tipo raro de deficiência, que dificulta o movimento dos membros inferiores. Quando foi diagnosticado com a doença, Erick Silva, 10 anos, começou a usar cadeira de rodas. No entanto, a rejeição ao instrumento veio logo após os primeiros meses de uso. Após perceber a necessidade do garoto, Joaquim não mediu esforços para facilitar a mobilidade do filho.

O pai lançou mão da criatividade e criou uma cadeira diferenciada e adaptada à deficiência de Erick. A Cavalinho, como é chamada, é feita com ferro tubular e possui rodinha, banco de bicicleta e cinto de segurança.

“Na época eu não sabia nem ler direito, mas queria ajudar meu filho. Então, comecei a fazer a cadeira e ele passou a usar”, conta Joaquim. 

Oito anos após a invenção, o lavrador, que hoje é estudante do projeto de Educação de Jovens e Adultos (EJA), no município de Livramento de Nossa Senhora, no Sudoeste baiano, exibe sua criação, com a ajuda animada do filho, o único usuário do protótipo até agora.

Ele foi um dos quatro mil alunos da rede pública que mostraram seus projetos ligados ao esporte, ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo, na tarde desta terça-feira (21), no 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual, na Arena Fonte Nova, em Salvador. O evento ocorre até quinta (23), das 8h às 18h, com entrada gratuita, pelo setor sul da praça esportiva, em frente ao Dique do Tororó.

O secretário estadual de educação, Walter Pinheiro, foi ao local para acompanhar os projetos dos alunos. “Esse é um movimento cultural e científico, mostrando que é possível dar uma sacudida na escola, sem perder o caminho dessas viagens pelas ciências duras”, afirmou. 

Projetos de dança, teatro, cinema, canto-coral, música e artes visuais também fazem parte do evento.



Fonte: Correio 24 Horas
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.