24/11/2017

No DF, hospital oftalmológico oferece 30 consultas gratuitas para PCDs

O Visão Institutos Oftalmológicos oferece 30 consultas gratuitas a pessoas selecionadas previamente pelo Instituto de Promoção das Pessoas com Deficiência Visual


Para facilitar o acesso de pessoas com deficiência visual ao passe livre, o Visão Institutos Oftalmológicos oferece 30 consultas gratuitas a pessoas selecionadas previamente pelo Instituto de Promoção das Pessoas com Deficiência Visual (IPPCDV), do Recanto das Emas. Essas consultas serão realizadas por oftalmologistas que assinam os laudos médicos comprovando o direito ao benefício. O prazo de atualização do cadastro é até 15 de dezembro.

Para o presidente do IPPCDV, Fernando Rodrigues, a iniciativa contribui para uma maior qualidade de vida das pessoas com deficiência visual. “O passe livre faz parte da inclusão social e diminui muitas barreiras. Com ele é possível ter maior autonomia, a pessoa com deficiência pode se locomover pela cidade, trabalhar, estudar”. Fernando explica ainda que muitas pessoas acreditam que cegos não precisam ir ao oftalmologista (especialista que trata as doenças relacionadas ao olho). “É preciso cuidar da saúde dos olhos independente de enxergar ou não. Ter a possibilidade de acompanhar com um especialista é muito importante”, reforça.

Para a gerente de marketing do Visão Institutos Oftalmológicos, Thelma Gonsalves, esse tipo de ação faz parte da filosofia da empresa. ” A clínica tem um perfil assistencial, com vários projetos voltados para pessoas com necessidades especiais. Visamos a qualidade de vida e o apoio à sociedade como um todo”, detalha.

Thelma Gonsalves reforça ainda a importância de inclusão e assistência para as pessoas com nenhum ou baixo nível de visão. “Para as pessoas que foram selecionadas pelo Instituto de Promoção das Pessoas com Deficiência Visual, além da consulta para a obtenção do laudo, será feito um acompanhamento clínico e exames, caso seja necessário”, ressalta.

Passe Livre

Pessoas com deficiência que usam o benefício da gratuidade no transporte público do Distrito Federal devem atualizar o cadastro até 15 de dezembro pela internet, no portal do Bilhete Único. Para a obtenção do passe livre, é necessário preencher formulário com os dados pessoais, como CPF, RG, telefone, e apresentar foto 3×4 atual, laudo médico que comprove o direito ao benefício e comprovante de residência.

Fonte: Terra







Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.