04/10/2017

Entra em vigor em novembro lei que obriga cinemas brasileiros a exibirem conteúdos para cegos e surdos

Cinemas adaptados para cegos

POR CAIO COLETTI

Em novembro deste ano, passa a vigorar a Instrução Normativa 128/2016, daAgência Nacional do Cinema (Ancine), que obriga cinemas a adaptarem os conteúdos dos filmes para deficientes auditivos e visuais.

As principais soluções criadas com este objetivo estarão expostas na Expocine, entre os próximos dias 27 e 29 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP).

“O mercado precisou se movimentar para criar tecnologias capazes de incluir os cegos e surdos nestes espaços, mas sem interferir na experiência dos demais espectadores. Foi um desafio muito grande e cujas soluções encontradas tornaram o Brasil referência mundial em acessibilidade de conteúdo nos cinemas”, afirma Marcelo Lima, diretor da Expocine.

Dispositivos colocados nas poltronas para o espectador ler as legendas, óculos eletrônicos que exibem nas lentes a imagem do intérprete ou o texto das legendas, aplicativos de celular que amplificam o áudio do filme e ferramentas que fornecem a audiodescrição em tempo real são algumas das tecnologias que serão expostas na Expocine.


Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.