23/05/2017

Rua 25 de Março recebe Ação Educativa sobre Acessibilidade

O evento ocorre no dia 24 de maio, às 10h, com o objetivo de conscientizar e orientar os comerciantes para ampliar a inclusão na cidade

Para sensibilizar os comerciantes da região Central da capital sobre a importância da inclusão das pessoas com deficiência em seus estabelecimentos, a Prefeitura de São Paulo promove no dia 24 de maio, às 10h, a ação educativa de acessibilidade no maior centro comercial da América Latina e ponto turístico da capital paulista: a rua 25 de março.

Organizada pela Secretaria Municipal de Prefeituras Regionais em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, a ação, que está em sua segunda edição, integra o programa ‘Acessibilizando SãoPaulo’ que tem como foco educar, esclarecer e ampliar a inclusão na cidade.

Durante as visitas aos estabelecimentos comerciais, serão compartilhadas informações básicas sobre acessibilidade – com ênfase nas rampas de acesso. Haverá a distribuição de folhetos com orientações sobre como tornar um local acessível com base nas diretrizes da Norma de Acessibilidade a Edificações, Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos (NBR9050/15).

Membros da Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA), órgão vinculado à SMPED - que constitui uma autoridade consultiva e deliberativa do município de São Paulo quando o assunto é acessibilidade - estarão presentes ao evento acompanhados de técnicos, servidores municipais de outras Pastas, empresários locais, representantes da Associação Comercial da região central, e outras entidades ligadas ao comércio.

De acordo com o secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, a garantia da acessibilidade nos estabelecimentos comerciais de São Paulo é extremamente vantajosa: “Construir estabelecimentos comerciais acessíveis é incluir cerca de três milhões de pessoas com deficiência na sociedade e no mercado consumidor paulistano. Todos serão beneficiados com o crescimento do PIB da nossa cidade, que poderá ser gerado a partir da conscientização do grande potencial que representa a acessibilidade”, afirmou o secretário.

“Ao tornar um comércio acessível, todos ganham. É importante para a economia da cidade e, principalmente para proporcionar à pessoa com deficiência física ou mobilidade reduzida, autonomia e segurança para realizar suas compras”, afirmou o prefeito regional da Sé, Eduardo Odloak.

A primeira edição da Ação Educativa sobre Acessibilidade aconteceu na Rua dos Pinheiros, zona oeste da cidade, em fevereiro.


Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência
Assessoria de Imprensa
(11) 3913-4070 / 4072 / 4075

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.