04/10/2016

Adaptação veicular de freio e aceleador


Adaptação veicular de freio e acelerador no sistema puxe e empurre. Eu já usei diversos tipos de adaptação veicular, mas o sistema que mais me agrada, por ser mais prático e seguro, é o chamado “puxe-empurre”.

Adaptação veicular, qual a melhor?

Neste vídeo em mostro todas as adaptações que já instalei em meu carro. Experimentei e não gostei das inovações que me apresentaram. Acabei voltando para o antigo sistema. Um equipamento novo, zerado na caixa, mas de sistema antigo, com o qual eu já estava acostumado há mais de vinte anos.

Veja e confira a adaptação veicular puxe-empurre.



Há diversos outros modelos no mercado, desde equipamentos importados que custam o olho da cara, até algumas verdadeiras gambiarras feitas, literalmente, em fundo de quintal.

Este é o tipo de equipamento que precisamos experimentar para saber se vamos ou não conseguir um bom desempenho ao volante.

O grande problema consiste exatamente aí: para experimentar temos que comprar e mandar instalar. E dificilmente conseguimos uma loja que aceite essa troca. Eu tive essa sorte. A dica

que dou é a Hélio Mobilidades – https://www.heliomobilidade.com.br Esta empres fica em Belo Horizonte e está há mais de 40 anos no mercado.

Mas em todo o Brasil existem empresas que fazem adaptação veicular para pessoas com deficiência. geralmente as concessionárias de grandes marcas, que possuem um atendimento especial para pessoas com deficiência, costumam saber e indicar alguma oficina conhecida por elas. vale sempre perguntar, pedir uma dica e procurar saber se é mesmo de confiança. Isso é muito importante.

A liberdade e autonomia proporcionada por um carro adaptado não tem como ser descrita em palavras.

Hoje há várias linhas de crédito especiais. Vale lembrar ainda que pessoas com deficiência podem adquirir carros zero quilômetro com isenção de impostos.
Para saber como funciona todo o trâmite para a isenção de impostos é preciso consultar a concessionária. A maioria delas possui um profissional especializado (e atualizado) no assunto. Não se limite ao disse me disse: fulano falou que, meu cunhado conhece um cara que… Informe-se antes com quem de direito e evite aborrecimentos.

Fonte: Vai Cadeirante
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.