03/08/2016

Casal de cadeirantes cria canal no Youtube desmistificando o dia a dia

Em 2003, aos 16 anos de idade, a brasiliense Fernanda Fontenele se viu em um acidente de carro que mudou sua vida pra sempre. Ela sofreu sequelas de uma lesão medular em nível C6/C7 que paralisou da cervical para baixo, deixando-a tetraplégica. “Mas após uns dois anos, logo recuperei os movimentos dos braços, sensibilidade no corpo”, conta.


Em 2008, Felipe Costa também sofreu um acidente de carro no qual lesionou a medula espinhal na coluna lombar em nível L1, deixando-o paraplégico. O que as duas histórias têm a ver? Tudo. Fernanda e Felipe são protagonistas do canal Fes Sobre Rodas no Youtube, que mostra como um casal de cadeirantes pode viver uma vida “normal”.


Após seu acidente, Fernanda em uma constante busca por um tratamento melhor para sua lesão se deparou com um centro de recuperação neuromotora nos Estados Unidos, mais especificamente em Carlsbad, Califórnia.


Por ser um tratamento caro (ainda mais em dólar), ela iniciou uma campanha on-line de arrecadação de dinheiro que foi notícia por meses em Brasília. Com ajuda de amigos, vizinhos, familiares, conhecidos e de quem se comovia com a história, Fernanda partiu para Califórnia.


“Após três meses, finalmente e surpreendentemente consegui arrecadar dinheiro suficiente para fazer o tratamento por seis meses”, conta. Antes de embarcar para a aventura, Felipe e Fernanda se descobriram virtualmente, em tempos dos falecidos MSN e Orkut, e começaram a conversar. Ele partiu antes dela e se conheceram pessoalmente já nos Estados Unidos. “Começamos a namorar e viver nosso sonho californiano”, brinca Fernanda.


Pouco mais de um ano vivendo fora, o casal decidiu retornar ao país. “Resolvemos acreditar em nossos sonhos, casamos e abrimos um centro de recuperação neuromotora que tem o mesmo conceito e filosofia que tratávamos lá nos Estados Unidos. A ideia era uma clínica pequena para a gente se tratar, porém o trabalho tomou um rumo muito grande e hoje atendemos gente de toda a América Latina”, conta.


Assim nasceu a clínica Acreditando, centro de recuperação neuromotora montado com base no Método Dardzinski, seguindo os princípios do Projetct Walk que os trataram quando ainda estavam nos Estados Unidos.

Os centros do Brasil ensinam o cadeirante a ser cadeirante. Não estimulam os segmentos que foram lesionados."


Casados, morando juntos – e sozinhos -, os dois eram frequentemente questionados sobre o dia a dia, afinal de contas, como dois cadeirantes vivem sem nenhuma ajuda? “Tivemos a ideia de criar o canal para mostrar em vídeos nossa rotina, viagens, aventuras, coisas engraçadas e até algumas brigas! Coisa que todo casal passa”, explica Fernanda.


“Não temos muito roteiro. Pensamos em sempre mostrar coisas que gostamos de fazer, dicas legais que podem ser úteis pra quem está na mesma situação e até coisas mais normais como nosso dia a dia em casa cozinhando, limpando a casa etc.”


Fes Sobre Rodas foi criado há menos de um ano, mas já ganhou uma incrível notoriedade. “Até então temos nos surpreendido! Não esperávamos reconhecimento. Hoje as pessoas param a gente na rua e nos reconhecem do canal, da TV, das mídias espontâneas que já saímos. Morremos de rir pois nem caiu a ficha ainda”, comenta.



Fonte: Metrópoles
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.