CGE promove curso de Libras para colaboradores de ouvidoria e de acesso à informação

Compartilhe



Visando capacitar colaboradores da Ouvidoria e do Serviço de Informação ao Cidadão para a realização de atendimento de cidadãos surdos usuários da Língua Brasileira de Sinais (Libras), a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE), em parceria com a Escola de Gestão Pública do Estado do Ceará (EGP), promove um Curso Básico de Libras.

A capacitação da primeira turma tem previsão para acontecer no período de 22 de fevereiro a 4 de março. Os órgãos e entidades com maior número de atendimentos terão prioridade no preenchimento das vagas ofertadas para a primeira turma.

Para o secretário da CGE, Flávio Jucá, o curso vem ao encontro da política de inclusão do Governo do Estado, que presa pela universalização do atendimento em Ouvidoria. “É mais um passo para oferecermos um atendimento cada vez melhor para quem utiliza os serviços de ouvidoria”, ressalta o secretário.

Segundo o coordenador de Fomento ao Controle Social, Ítalo Brígido, a expectativa é que as inscrições excedentes neste primeiro momento, sirvam de base para a solicitação de outras turmas do mesmo curso junto à EGP.  “Nossa intenção é que todos os órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual sejam contemplados com o curso. Queremos fornecer subsídios para que todos os servidores sejam capazes de utilizar a Língua Brasileira de Sinais para comunicação e entendimento na mediação com pessoas surdas”, ressaltou.

A CGE solicita que as fichas de inscrição para o referido curso sejam enviadas para o órgão, por processo físico ou por e-mail (jean.lopes@cge.ce.gov.br e larisse.moreira@cge.ce.gov.br) até o dia 12 de fevereiro. Para mais informações, os servidores podem entrar em contato por por meio dos telefones 3101-6614 e 3101-6615.

Compartilhe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.

Cursos e Eventos

Vídeos no Youtube

Imagem 1

Imagem 1
20 anos na cadeira de rodas

Imagem 2

Imagem 2
Tetra Dirigindo? Como consegui tirar a CNH

Imagem 3

Imagem 3
Mobilidade total com a Unawheel

Lives da Fê no Insta

Imagem 1

Imagem 1
A transformação da vida da esgrimista Mônica Santos após se tornar cadeirante.

Imagem 2

Imagem 2
Quarentena - Como a vida mudou e as consequências dessas mudanças.

Imagem 3

Imagem 3
Cadeirantes e Concursadas - Os desafios de trabalhar sendo tetraplégica.