30/11/2015

Outdoor pede "fim dos privilégios para deficientes" e revolta internautas

Grupo de Curitiba propõe redução de vagas exclusivas, extinção de cotas em empresas e concursos públicos para esse segmento da população



Integrantes do grupo se dizem prejudicados pelas leis que "privilegiam uma minoria e esquecem da maioria"


Um outdoor que pede o "fim dos privilégios para deficientes" fixado em Curitiba vem gerando revolta nas redes sociais. O grupo responsável pela ação, intitulado "Movimento Pela Reforma de Direitos", propõe redução em 50% das vagas exclusivas para deficientes e a extinção de cotas em empresas para esse segmento da população.


A placa foi instalada na Rua Santa Cecília, no bairro Vista Alegre, na capital paranaense. O texto não traz mais detalhes, mas a página do grupo no Facebook, criada há menos de 24 horas, diz que há uma petição pública online em aberto. Os integrantes se dizem prejudicados pelas leis que "privilegiam uma minoria e esquecem da maioria".

O grupo defende o fim das cotas em concursos públicos, dos direitos a isenção de impostos na compra de automóveis e até de gratuidade em programações culturais para os deficientes.


Vários usuários do facebook invadiram o página do grupo para questionar a iniciativa. "Esta página é uma piada? Se for, é uma piada de muito mal gosto", diz um deles. "Cara, achei que isso aqui era uma zoeira", diz outro. Outros usuários se articulam para denunciar a página por crime de ódio junto à Polícia Federal.



O assunto também é um dos mais discutidos no Twitter nesta segunda-feira.

Fonte: Correio Braziliense
Proxima Anterior Inicio

Um comentário:

  1. Justo seria se fosse extinto os privilégios dos negros e homossexuais. São eles os piores racistas e homofóbicos!
    Brasil é um lixo governado por péssimos representantes!

    ResponderExcluir

Seu Comentário é muito importante para nós.