17/11/2015

Campanha quer garantir inclusão de crianças com deficiência nas escolas

Um projeto do Unicef, realizado em parceria com o Governo do Estado e a prefeitura de Belém, quer garantir a inclusão de crianças com deficiência na vida escolar. 


Depois de algumas atividades executadas e o atendimento de alguns alunos, os resultados já podem ser observados.

O estudante Leon Gustavo nasceu cego e foi desenvolvendo habilidades no decorrer dos anos. 

Hoje, ele é atleta de goalball, uma modalidade esportiva criada para deficientes visuais. A prática do esporte transformou a dificuldade dele em sonho, o de ser um para-atleta. 

"Eu quero me dedicar e sempre melhorar", diz.

Para que essas pessoas com algum tipo de deficiência possam fazer as atividades normalmente, a escola tem papel fundamental. Por isso, surgiu o projeto Rios de Inclusão. 


A Escola Estadual General Gurjão, no bairro da Cidade Velha, recebeu atividades do programa.

Garantir que crianças e adolescentes estejam matriculados e frequentando as escolas é o objetivo da iniciativa. 


Na instituição citada, 60 alunos são atendidos e toda a infraestrutura é de acordo com a lei da acessibilidade.

"Nós queremos identificar e, evidentemente, criar condições para que essas crianças sejam atendidas por este conjunto de políticas e permaneçam na sala de aula", pontuou Fábio Moraes, coordenador da Unicef-Belém.


Miriam é um dos bons resultados. Com deficiência intelectual, depois de receber acompanhamento de professores e toda uma equipe dentro da escola, despertou a vontade de ler escrever.


O projeto será executado em outras sete unidades de ensino da Grande Belém.


Fonte: G1
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.