27/07/2015

Turismo propõe ampliar projetos voltados à acessibilidade

Ministério do Turismo e Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência dialogam sobre turismo acessível


Ampliar as políticas públicas de turismo voltadas para a pessoa com deficiência. Este foi o tema da reunião entre o secretário Nacional de Políticas de Turismo, Júnior Coimbra, e o secretário Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antonio José Ferreira. O encontro foi realizado na tarde desta terça-feira (14) no Ministério do Turismo (MTur).

O secretário Antônio José ratificou a importância da participação do Ministério do Turismo na segunda edição do Plano Nacional Viver Sem Limites, programa do governo federal que prioriza a inclusão de mais de 45 milhões de brasileiros com deficiência e que deve ser lançado até o final deste ano.

Coimbra reforçou o compromisso de sensibilizar os profissionais do setor sobre como atender bem a pessoa com deficiência, avançar em projetos como a “praia acessível”, além de articular com as instituições oficiais de crédito para a criação de linhas de financiamento, com condições especiais para a adaptação de empreendimentos do setor turístico. “Nosso desafio é transformar as propostas em metas para consolidar políticas públicas sobre o tema e propor uma cultura de inclusão no turismo”, afirmou Coimbra.

Atualmente alguns estados como Pernambuco, Rio de Janeiro, Alagoas, São Paulo e Rio Grande do Sul já trabalham projetos de praia acessível para atender ao turista com deficiência, oferecendo equipamentos como esteiras e cadeiras anfíbias – além de promover atividades como vôlei sentado e bocha adaptada. “A intenção é instituir, por meio do projeto, um ordenamento para implementar praias acessíveis nos destinos de sol e praia, inclusive nas fluviais e lacustres”, disse o diretor do Departamento de Produtos e Destinos do MTur, Wilken Solto.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.