29/06/2015

Metrô adesiva trens em ação por uso correto de vagões exclusivos no DF

Benefícios são para mulheres, pessoas com deficiência e ciclistas.
Pisos de plataformas também foram renovados para destacar norma.


O Metrô do Distrito Federal decidiu adesivar a parte interna de trens e renovar pisos em plataformas para destacar carros exclusivos para mulheres, pessoas com deficiência e usuários que carregam bicicletas. A iniciativa faz parte da campanha para estimular o uso correto do serviço.

De acordo com o Metrô, uma média de 15 pessoas entram em contato diariamente com a ouvidoria para informar e reclamar do descumprimento da lei. Não há punição para quem descumpre a regra, porém, se o usuário for solicitado por um agente do Corpo de Segurança Operacional a se retirar e resistir, pode ser encaminhado à delegacia e responder por desacato.

O presidente do Metrô, Marcelo Dourado, explica que a ideia da campanha é conscientizar a população. “Nossos principais fiscais são os usuários, que entram em contato com a empresa em casos de descumprimento da legislação. Queremos garantir uma prestação de serviço ainda mais eficiente e segura para a população do DF”, disse.

Lei

O vagão feminino e para pessoas com deficiência foi adotado em cumprimento à Lei Distrital 4.848/2012 desde 1º de julho de 2013. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, no período das 6h às 8h45 e das 16h45 às 20h15. Essa exclusividade é para o primeiro carro do trem, localizado logo após a cabine do piloto.

Já para o transporte de bicicletas, os usuários devem utilizar o último carro. Há limite de cinco veículos por viagem. A recomendação do Metrô é que, dentro do trem, a bicicleta não atrapalhe a passagem e os outros usuários.


Fonte: G1
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.