24/06/2015

Histórias de Cadeirantes 03 - Rafael Prudêncio

Quase todos os dias uso o transporte público de Brasília, e como sabem nem todos os ônibus são adaptados e os que são muitas vezes não funcionam corretamente.

Essa semana aconteceu um fato constrangedor, mas como levo a vida numa boa achei muito engraçado. Vindo do Sarah, que faço reabilitação, desembarquei na estação praça do relógio e embarquei no coletivo onde a rampa funcionou, eu subi e embarquei. Tudo correndo bem, até que a rampa travou e o motorista e cobrador tentaram fechá-la manualmente, com chutes e pontapés, sem sucesso. O ônibus estava lotado, todos querendo ir para casa e nós esperando a rampa destravar. Eu sabendo que teríamos que descer comecei a rir com a cabeça baixa para ninguém perceber. 

Vinte minutos depois descemos e embarcamos em coletivo.







Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.