30/04/2015

Cadeirante virtual assusta quem estaciona em vaga preferencial

Cadeirante: objetivo da experiência é 
provocar mudanças no comportamento 
dos motoristas
Dos flagras que escancaram a falta de senso coletivo no trânsito, grande parte acontece nos estacionamentos. 

As vagas exclusivas para pessoas com deficiência, obrigatórias nestes locais, muitas vezes são usadas por motoristas que ignoram a presença de pessoas com deficiência no trânsito.

Com o objetivo de lembrar os condutores a respeitarem os direitos das pessoas com deficiência, a ONG Dislife, em Moscou, criou uma campanha nos estacionamentos de shoppings da cidade.

Intitulado como "Mais que um sinal", a ação criada pela agência Y&R russa ativa a projeção de um cadeirante toda vez que um carro comum tenta estacionar na vaga reservada.

O equipamento instalado continha uma câmera para diferenciar os carros e, assim, sempre que um veículo que não tinham direito a vaga tentava estacionar, o holograma de um cadeirante real aparecia alertando que o espaço era dele por direito.

O objetivo da experiência era provocar mudanças no comportamento dos motoristas que se esquecem das parcelas minoritárias em um tráfego diário.

"Estacionamentos preferenciais não significam nada para muitos motoristas na Rússia. Eles preferem esquecer estas pessoas e deixá-las para trás. É isso que estamos lutando nesse projeto", disse Yuri Kovalev, fundados da Dislife.

A ideia poderia migrar para outros lugares, inclusive ao Brasil, concordam?

Fonte: Exame Abril
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.