08/03/2015

Homem é preso em São Gonçalo após ser flagrado torturando adolescente com paralisia cerebral

Mãe do menino, que vive na cadeira de rodas, deixou celular gravando na sala e registrou as imagens
 
RIO — Policiais da 73ª DP (Neves) prenderam em flagrante, na tarde deste sábado, Jeferson Basílio, de 27 anos. Ele foi filmado torturando o filho da namorada, de 13 anos, que é cadeirante e sofre de paralisia cerebral. As imagens foram feitas pelo celular da mãe, que desconfiou do namorado e colocou o celular escondido para filmar na sala da própria casa. Os dois estavam juntos há dois meses. O adolescente está internado no hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo.
A gravação foi entregue pela mãe do menino à polícia. De acordo com a delegada Norma Lacerda, as imagens são chocantes:
— A mãe já desconfiava que o namorado estivesse batendo no filho. Ela acionou a gravação do celular, deixou os dois na sala, escondeu o aparelho e saiu de casa. Depois, ela teve uma surpresa ao ver as imagens, que são chocantes. São imagens fortes de tortura. Ele balança a criança, torce partes do corpo do menor, como os pés e os braços. Um ato de extrema covardia — disse a delegada, que ainda aguarda o resultado dos exames de corpo de delito para saber se vai agravar a pena com lesão grave.
Segundo informações da delegacia, a vítima apresentava um corte na cabeça, resultado de uma agressão provocada também por Jeferson na última sexta-feira. O homem confessou a agressão aos inspetores em depoimento. Ele foi autuado em flagrante por tortura.
O adolescente foi encaminhado ao hospital estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, para realizar exames complementares e acabou sendo internado na unidade. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde.

Fonte: O Globo
Proxima Anterior Inicio