02/01/2015

Projeto Dj Sem Barreiras entrega os diplomas para 16 alunos deficientes


Em parceria com a prefeitura de São Paulo através do programa VAI, o projeto DJ sem Barreiras – foram três meses de oficinas gratuitas para 16 alunos deficientes físicos e visuais da escola E-DJS – chega a sua etapa final, a entrega dos diplomas. Destaque para o professor Anderson da Mata que perdeu a visão em 2008 e hoje é um DJ reconhecido, ele fará uma performance especial nos toca-discos.

A ação foi realizada na própria escola, localizada no centro de São Paulo, no dia 13 de dezembro e contou com palestra de Leonardo Castilho, educador surdo do Museu de Arte Moderna de São Paulo e idealizador responsável pela Balada Vibração e Sencity, evento cultural semestral que reúne em torno de mil pessoas surdas de todo o Brasil.

Outro palestrante esperado no dia é Cleuton Nunes, deficiente físico, devido à um acidente de moto, perdeu as duas pernas e tem dificuldade motora em um dos braços. Era faixa preta em taekwondo e ganhou mais de 150 títulos nacionais e internacionais. Nunes é coordenador e treinador técnico do grupo de amputados Bi-laterais do instituto Lucy Montoro.

Para participar das palestras gratuitas basta se inscrever pelo e-mail e-djs@e-djs.com.br ou Telefone: (11) 3331- 0898.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.