25/11/2014

Simpósio expõe diretrizes para acessibilidade

O evento América Acessível, realizado na última semana em São Paulo, terminou com uma série de propostas para melhorar a acessibilidade.

A ideia é que as ações, com foco nas Tecnologias de Comunicação e Informação (TIC), sejam adotadas em todos os países do continente americano.

O encontro, que teve início no dia 12/11, foi organizado pela União Internacional de Telecomunicações - UIT em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), UNESCO no Brasil, Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e da Secretaria Municipal de Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Prefeitura de São Paulo.

Para o assessor da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Fernando Ribeiro, da SDH/PR, o evento constituiu uma vitória para o segmento da população das pessoas com deficiência que, somente no Brasil, corresponde a 23,9% da população, pela ampla participação e a atmosfera de entendimento entre sociedade civil, governo e teles empresas de comunicação, as chamadas “teles”.

“Estamos diante de um novo marco e toda travessia exige ajustes do que temos hoje para o que queremos. O compromisso colocado neste documento é o caminho para um movimento consequente para garantirmos avanços de fato”, afirmou.

Durante os três dias de evento, 97 participantes, sendo 29 representantes de 15 países e 68 representando instituições nacionais e estrangeiras, estiveram reunidos para estabelecer diretrizes para os avanços nos próximos anos na implantação da acessibilidade nas Tecnologias de Comunicação e Informação.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.