02/11/2014

‘Além da Luz’. Documentário premiado sobre a deficiência visual.

Cartaz do filme ‘Além da Luz’,
um filme de Yves Goulart,
mostra uma criança com
deficiência visual sorrindo
O documentário mostra a realidade de sete cegos brasileiros, sendo cinco de Santa Catarina. Ele é um dos pioneiros na técnica de audiodescrição, sendo que tudo na tela é narrado, o que faz com que uma pessoa com deficiência visual possa “assistir” ao filme. “Muitos dos deficientes visuais nunca foram ao cinema, pois num filme normal, sem audiodescrição, fica difícil entender o filme. Por isso optamos em fazer um filme sobre eles, também para eles. Seria hipocrisia da nossa parte fazermos um filme sobre cegos sem pensar em incluí-los em nossa audiência", comentou Marcelo Nigri, produtor do filme.

“Quando se fala em deficiência visual, muitas vezes somos levados a pensar em algo triste e limitador. Em Além da Luz sete cegos brasileiros mostram com muito otimismo, humor e desenvoltura como vivem uma vida normal e até, às vezes, mais produtiva que muitas pessoas que enxergam”, explica Yves Goulart, diretor catarinense.


Saiba mais -  Além da Luz é uma produção independente (a distribuição do DVD é da Goulart Filmes) e gravado nas cidades de Criciúma, Urussanga e Cocal do Sul, além do Rio de Janeiro, Nova York e França.  São 82 minutos que levaram o documentário a recebe o Prêmio Especial do Júri Popular no Festival de Cinema BRAPEQ (2010) em Pequim, na China, e a Palma de Ouro, no Festival Internacional de Cinema do México (2010). Além da Luz também teve apresentações especiais na ONU, em Nova York, na Unesco, em Paris e no Senado Federal Brasileiro, na Semana de Valorização da Pessoa com Deficiência.
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.