14/09/2014

Falta de respeito com os assentos preferenciais é mostrada no quadro ‘Olho por Olho’ do CQC

Caracterizado como um deficiente visual, o ator sentava em cima das pessoas que estavam ocupando o assento preferencial.
O CQC exibiu um “Olho Por Olho” sobre a falta de respeito com os assentos preferenciais que acontece nos transportes públicos de São Paulo. São colocadas duas situações diferentes. A primeira mostra uma pessoa com deficiência visual e a segunda uma idosa, ambos na tentativa de sentar no assento preferencial do metrô. Marco Luque acha essa situação ruim e conta que já aconteceu com ele.  

“Eu acho isso um absurdo, sempre que eu entro em um ônibus lotado, ninguém me dá assento, é muito chato, eu sou especial, né?”, brinca, arrancando uma risada de Dani Calabresa nos bastidores do programa.  

No entanto, ele logo começa a falar sério e dá uma lição:  “Acho que tem a ver com a educação, o mínimo que uma pessoa tem que fazer é respeitar o idoso e uma mulher grávida, porque cara, você carregar dentro de você um bebê e o marmanjo está ali e não levanta, é muito individualismo”.  

“E o idoso, os caras são muito feras, as pessoas idosas tem que ser muito respeitadas e uma hora você vai ser ele”, complementa, mostrando sua indignação com a falta de consideração com quem realmente precisa fazer a viagem sentado.  

Para Luque, além de ser uma falta de educação, também é falta de compaixão com o próximo e isso também é importante. “Acho que temos que ser solidário, é o principal”, conclui.  

Assista aqui o “Olho por Olho”, comandado por Ronald Rios:



Fonte: Band e Blog Turismo Adaptado
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.