11/09/2014

Bruna Alexandre conquista medalha inédita para o Brasil no Mundial de Tênis de Mesa, na China

O Brasil já tem sua primeira medalha no Mundial de tênis de mesa garantida. Nesta terça-feira, 9, Bruna Alexandre alcançou as semifinais da classe 10 e já assegurou, pelo menos, o bronze, já que não há disputa de terceiro lugar na competição internacional. O feito é inédito para um mesatenista paralímpico do Brasil.

Além de Bruna, Aloisio Lima e Bruno de Paula também seguem vivos no Mundial, mas na classe 01. Os dois avançaram às quartas de final e continuam em busca de medalhas.

As disputas individuais se encerraram nesta quarta-feira, 10. Entre os dias 11 e 14, o Mundial segue com o torneio de duplas. O Brasil tem quatro duetos:  no masculino, Bruno de Paula e Aloisio Lima (classe 01), Guilherme Costa e Iranildo Espíndola (classe 02), Paulo Salmin e Israel Stroh (classe 08); entre as mulheres, Jennyfer Parinos e Bruna Alexandre formam o par da classe 9-10.

Antes do início do Mundial, Bruna Alexandre havia dito que um dos objetivos de sua carreira era vencer a polonesa Natalia Partyka, líder do ranking mundial na categoria. A oportunidade da brasileira, terceira do mundo, será nesta quarta-feira, 10, na semifinal. Após vencer a japonesa Yasuko Kudo, por 3 sets a 0 (11-2, 11-7, 11-9), ela garantiu sua vaga entre as quatro melhores do torneio.“Estou na semifinal. Não estou nem acreditando. Consegui vencer a japonesa por 3 sets a 0 e vou para a semifinal. Estou muito feliz”, comemorou Bruninha.

Bruninha, no entanto, não terá vida fácil. A polonesa Natalia, rival da semifinal, é bicampeã paralímpica (Pequim-2008 e Londres-2012). A outra disputa da semifinal será entre a australiana Melissa Tapper e a chinesa Qian Yang.

Como ficou em primeiro lugar em seu grupo, Bruno de Paula avançou diretamente para as quartas de final. Seu adversário será o italiano Andrea Borgato. Já Aloisio Lima teve de jogar as oitavas e precisou de cinco sets para vencer o coreano Kiwon Nam por 3 a 2 (7-11, 11-8, 11-4, 8-11, 15-3). Agora, ele terá pela frente o britânico Robert Davies.

O resultado mais expressivo no tênis de mesa paralímpico foi nos Jogos de Pequim-2008. Na disputa por equipe C3, os brasileiros Luiz da Silva e Welder Knaf perderam para os franceses e ficaram medalha de prata.

Time São Paulo

Os atletas Bruna Alexandre e Paulo Salmin são integrantes do Time São Paulo, parceria entre o CPB e a Secretaria de Estado do Direito das Pessoas com Deficiência de São Paulo que beneficia 34 atletas e seis atletas-guia de nove modalidades.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.