16/08/2014

Eduardo Campos. Um pai com muito amor ao seu filho com Síndrome de Down

Eduardo Campos mostra filho com Síndrome de Down após nascimento.

A morte de Eduardo Campos no dia 13 de agosto, de forma trágica num acidente aéreo em Santos, chocou todo o Brasil e teve repercussão internacional. Campos havia acabado de completar 49 anos, e muito dedicado à família apesar de sua agenda cheia de compromissos. Com pesar a um político que poderia contribuir muito ao nosso país, agora vale mais relembrar das coisas boas que ele deixou.

O quinto filho do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, Miguel de Andrade Lima Campos, foi diagnosticado com Síndrome de Down, nasceu no dia 28 de janeiro de 2014, de parto normal, no hospital particular Santa Joana, área central do Recife. Campos era o candidato à presidência pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB).

“Obrigado a todos que nos mandaram tantas lindas mensagens pela chegada do nosso Miguel. Os médicos confirmaram o que já estava pré-diagnosticado há algum tempo. Miguel, entre outras características que o fazem muito especial, chegou com a Síndrome de Down. Seja bem-vindo, querido Miguel. Como disse seu irmão, você chegou na família certa! Agora, todos nós vamos crescer com muito amor, sempre ao seu lado”, disse o governador na publicação.

A Síndrome de Down é uma alteração genética no cromossomo 21. O médico britânico John Langdon Down descreveu a síndrome em 1862, no entanto a causa genética foi descoberta em 1958 pelo professor Jérôme Lejeune.

Neto do ex-governador Miguel Arraes, Eduardo fez uma homenagem ao avô ao escolher o nome da criança. Eduardo e Renata de Andrade Lima Campos eram casados desde 1991 e têm outros quatro filhos: Maria Eduarda, nascida em 1992; João, 1993; Pedro, 1995; e José Henrique, 2004.

Fonte: G1
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.