31/07/2014

UFPE realiza primeiro vestibular para curso de graduação em Libras

Nova habilitação é da licenciatura em letras e oferece 30 vagas. Candidatos devem ter domínio em Língua Brasileira de Sinais.

da Redação

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abriu, nesta segunda-feira (28), as inscrições para o vestibular do novo curso de licenciatura em letras-Libras. São oferecidas 30 vagas, sendo 22 para surdos e 8 para ouvintes. A graduação terá início na segunda entrada, com aulas no turno da manhã, no campus Recife. Interessados podem se inscrever até as 18h do dia 6 de agosto, exclusivamente pelo site da Covest. A taxa custa R$ 50 e deve ser paga até 7 de agosto. O Comunicado de Confirmação de Inscrição (CCI) será disponibilizado a partir de 28 de agosto.

De acordo com o coordenador do curso de licenciatura em letras-libras, Jurandir Dias, essa é a primeira graduação do tipo oferecida em uma instituição de ensino no estado. “Em 2008, tivemos uma turma que fez o curso a distância, oferecido na época em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina. Mas esse é o primeiro curso presencial de Pernambuco. Terá quatro anos de duração, com 2.985 horas-aulas”, explicou o professor da disciplina de letras.

Dias destacou que interessados em fazer a graduação devem ter domínio em Língua Brasileira de Sinais (Libras). “Todo o curso será ministrado em língua de sinais. Uma das provas do processo seletivo é um teste de habilidade específica, que deve ser feito pelo candidato”, disse, acrescentando que o curso aumenta a possibilidade da pessoa com deficiência ingressar na universidade. “Seis dos nove professores, que integram o corpo docente da graduação e entraram por meio de concurso na universidade, são surdos. Os outros três são ouvintes e têm domínio de Libras”.

Conforme a UFPE, poderão concorrer às vagas destinadas para surdos os candidatos que possuem a declaração médica que comprove a deficiência. As provas serão aplicadas em 31 de agosto, no Recife, com duração máxima de cinco horas, das 8h às 13h. No mínimo, 25% das vagas de cada categoria serão reservadas aos candidatos que cursaram todo o ensino médio em escolas públicas.

Exames

Primeiramente, o candidato será submetido ao Teste de Habilidade Específica (THE). A prova será composta por um caderno com 20 questões objetivas de múltipla escolha disponibilizadas apenas em Libras, sobre conhecimentos específicos acerca da Língua Brasileira de Sinais. Posteriormente, será aplicado o exame discursivo (redação).

As questões objetivas serão disponibilizadas exclusivamente em Libras por meio da apresentação de um vídeo, transmitido em duas etapas. Na primeira, as perguntas do exame serão apresentadas duas vezes ao candidato, com intervalo de cinco segundos entre a repetição. Após a apresentação, o candidato terá 15 segundos para marcar a sua resposta no caderno de questões.

Na segunda etapa, cada questão será apresentada uma vez, com intervalo de cinco segundos. O tempo de cada questão apresentada no vídeo será o mesmo para todos os candidatos. O candidato deverá transcrever, utilizando caneta esferográfica de tinta preta ou azul, as respostas das questões da prova objetiva para a Folha de Respostas, que será o único documento válido para correção eletrônica. Segundo a UFPE, a divulgação da primeira classificação ocorrerá a partir de 9 de setembro.

Fonte: Rede Saci
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.