27/06/2014

Seleção Brasileira de atletismo encerra participação em competição em Berlim com 37 medalhas


A Seleção Brasileira de atletismo paralímpico encerrou a sua participação na etapa de Berlim do Grand Prix IPC Athletics com a conquista de 37 medalhas – 20 de ouro, 12 de prata e 5 de bronze. A competição disputada na capital alemã é a principal meta da temporada pelos planos da comissão técnica nacional. E o resultado foi satisfatório.

A etapa alemã, disputada de sexta a domingo, foi a oitava do principal circuito da modalidade paralímpica. Anteriormente, foram disputados em Dubai (EAU), Pequim (CHN), São Paulo (BRA), Arizona (EUA), Nottwil (SUI), Grosseto (ITA) e Tunis (TUN). Haverá ainda, no dia 25 de agosto, a final do Grand Prix, em Birmingham, na Inglaterra. Por se tratar de um meeting tradicional – esteve em sua 39ª edição -, Berlim contou com a presença de quase todos os países que se destacam no atletismo mundial. Cerca de 560 atletas estavam inscritos, de 35 diferentes nacionalidades.

“Saímos muito satisfeitos, pois estabelecemos metas e os atletas as cumpriram. Havia grandes adversários por lá, da Inglaterra, Alemanha, Japão, Estados Unidos. Foi uma competição de altíssimo nível técnico. Mesmo com o frio que fez na Alemanha, conseguimos bons resultados”, afirmou Ciro Winckler, técnico-chefe da Seleção Brasileira, citando a temperatura de até 12° C, apesar do início de verão na Europa.
A despeito da “chuva de medalhas” protagonizada pela delegação nacional, uma atleta chamou a atenção. Verônica Hipólito conquistou três medalhas de ouro – nos 100m, 200m e 400m, todas pela classe T38, para paralisados cerebrais. Sobretudo a vitória nos 100m a satisfez, já que bateu a sua algoz do Mundial de Lyon-2013. Na França, Verônica ficara com a prata ao ser superada pela britânica Sophie Hahn. Em Berlim, contudo, a brasileira ficou com a medalha de ouro ao registrar 13s12, a apenas oito centésimos do recorde mundial de Hahn (13s04).
Após intenso treinamento voltado a esta disputa, o time brasileiro já volta as suas atenções para outra competição. Entre os dias 2 e 3 de agosto, ocorrerá a primeira etapa nacional do Circuito Caixa Loterias de atletismo, em São Paulo. “Todos os atletas agora terão como meta manter a boa performance nesta etapa nacional, em agosto. Atingimos os objetivos em Berlim, mas precisamos redobrar o trabalho agora”, concluiu Ciro Winckler.


Fonte: Comitê Paralímpico Brasileiro e Vida mais Livre
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.