26/03/2014

Laramara e Alcoa doarão mais de 3.000 bengalas para cegos

A partir de abril, a Laramara - Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual doará mais de 3.000 bengalas aos usuários atendidos pela instituição, como resultado da parceria pioneira com a produtora de alumínio Alcoa e o Instituto Alcoa, que cederam a principal matéria-prima para a produção desse instrumento, após a visita do presidente Franklin L. Feder.

“A bengala é a extensão do corpo da pessoa com deficiência visual. Com ela, o usuário desenvolve a percepção de espaço, conhece o que está ao seu redor e tem liberdade para se locomover. Essa autonomia permite a inclusão social”, esclarece o professor de orientação e mobilidade da Laramara João Felippe.

Desde a criação da Fábrica de Bengala da Laramara, a ONG já produziu mais de 10,5 mil instrumentos, sendo que cerca de 53% foram distribuídos em escolas, associações e a pessoas carentes.

“As doações de bengalas são possíveis graças à colaboração de pessoas e empresas, que entendem essa necessidade e nos auxiliam na execução do projeto. Queremos dar continuidade e até ampliar o alcance dessa iniciativa, mas, para isso, precisamos de apoio e patrocínio”, comenta o gestor de projetos e parcerias da Laramara, Cristiano Gomes.

Sobre a Laramara:

A Laramara é uma das mais atuantes instituições especializadas em deficiência visual e um centro de referência na América Latina. Realiza atendimento socioeducativo especializado, com ações complementares e atividades específicas essenciais à aprendizagem e desenvolvimento das pessoas com deficiência visual e com deficiências associadas. As atividades são realizadas em grupos, organizados por faixa etária e os usuários dispõem ainda de atendimentos específicos de Braille, Soroban, Desenvolvimento da Eficiência Visual (Baixa Visão) e Orientação e Mobilidade. Disponibiliza recursos humanos para apoio à inclusão social, colabora para o aperfeiçoamento e a capacitação de profissionais e divulga suas experiências e aquisições para todo o Brasil, por meio de 30 recursos instrucionais produzidos por sua equipe, como livros, manuais e DVD's, contribuindo para que todas as crianças brasileiras possam ser educadas e beneficiadas. Laramara trouxe para o Brasil a fabricação da máquina Braille e da bengala, indispensáveis para a educação e a autonomia da pessoa cega. Buscando a inclusão profissional de jovens e adultos com deficiência visual, ampliou seu projeto socioeducativo, incluindo a preparação para o mundo do trabalho e vem desenvolvendo um programa especial para os jovens maiores de 17 anos. Laramara, desde sua fundação, acredita no valor do brincar e do brinquedo para a interação com a criança e para facilitar o desenvolvimento infantil; defende o direito da criança com deficiência visual a um aprendizado alegre e prazeroso, com brincadeiras e otimismo e continua cada vez mais unida em torno deste ideal. O trabalho de Laramara que, em 2013 completa 22 anos, atua efetivamente no estado de São Paulo e procura colaborar também para a inclusão das pessoas com deficiência visual em todo o Brasil.
  

Informações para a imprensa:
Tacla Consultoria de Comunicação
Sandra Tacla e Henrique Malveis
Tel.: (11) 3842-4235 ou 98288-0505

Fonte: E-mail Henrique Malveis
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.